Tecnologias e Línguas

Publicação do IPHAN aborda Diversidade Linguística no espaço Ibero-Americano

Anais5O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) acaba de lançar os Anais do Seminário Ibero-Americano da Diversidade Linguística, evento ocorrido no ano de 2014, em Foz do Iguaçu, Paraná. Disponibilizado em meio digital para acesso livre, a publicação apresenta contribuições de pesquisadores, gestores públicos e de representantes das comunidades linguísticas, estando subdividida em três eixos principais.

Continuar lendo

Anel possibilita que cegos leiam livros comuns que não têm Braille

 readerfingerO avanço tecnológico tem se mostrado muito eficaz no que se refere a salvar  e melhorar a qualidade de vida de pessoas mundo a fora. Conheçam um produto, que ainda está em fase de protótipo, desenvolvido por pesquisadores do MIT (Instituto de Tecnologia de Masschussets), trata-se de um anel que ajuda deficientes visuais a ler livros comuns (aqueles que não tem braile).

Continuar lendo

Entrevista com Gilvan Müller de Oliveira na ReVeL

rvel

“Políticas linguísticas são uma faceta das políticas públicas dos países, das  organizações internacionais, das corporações e instituições, e nesse sentido são um  fazer permanente do homem, sempre adaptadas à sua época, aos interesses geopolíticos, econômicos e culturais em jogo numa determinada fase histórica. Não se esgotam, mudam de foco; não se completam, estão sempre em construção.”

A entrevista foi publicada no volume 14, número 26, da Revista Virtual de Estudos da Linguagem – ReVEL, dedicado ao tema Política Linguística.

A Revista Virtual de Estudos da Linguagem – ReVEL é uma publicação eletrônica, com periodicidade semestral. Idealizada por dois jovens estudantes de Linguística, a ReVEL lançou seu primeiro volume em 2003 e desde então vem contribuindo com a formulação de um pensar e divulgar os estudos da linguagem no Brasil. A atual edição apresenta 11 artigos inéditos, 3 resenhas, 1 artigo traduzido e na seção ReVEL na Escola conta com mais dois artigos.

O número apresenta ainda duas entrevistas inéditas sobre o tema, com os linguistas  Bernard Spolsky, da Universidade Bar-Ilan de Israel, e Gilvan Müller de Oliveira, professor da Universidade Federal de Santa Catarina e pesquisador do IPOL.

Em sua entrevista, Gilvan Müller de Oliveira responde a dúvidas conceituais, cita ações importantes que vem desenvolvendo nas diversas instituições em que atua, coordenando e assessorando projetos e pesquisas sobre as diferentes línguas do Brasil e sobre as políticas públicas que elas demandam. Também discute as questões linguísticas da era digital.

Leia a entrevista completa na edição atual da Revista ReVEL em http://www.revel.inf.br/files/e92f933a3b0ca404b70a1698852e4ebd.pdf

Fonte: IPOL Comunicação

 

Abertas as inscrições para o Segundo Encontro Nacional de Áudio-descrição em Estudo

enadesEstão abertas as inscrições do segundo Encontro Nacional de Áudio-descrição em Estudo que acontecerá de 02 a 07 de maio de 2016, em Maceió, Alagoas.

Continuar lendo

Cinema e teatro com o uso de Libras acontecem em Florianópolis, mas faltam intérpretes

libra0

Mike Oliveira, Miriam Royer, Cleiton Ribeiro e Harrison Adams compõem o núcleo de atores de “Crisálida”. Bruno Ropelato/ND

Primeira série de TV bilíngue do país para surdos e ouvintes foi gravada em Florianópolis e deve ser lançada no segundo semestre deste ano

Por: Karin Barros/ Florianópolis

Como surdos curtem cinema? Talvez você nunca tenha pensado nisso, mas eles formam um grupo de quase 46 mil pessoas na Grande Florianópolis, de acordo com uma pesquisa do IBGE do ano de 2010. O relatório é dividido em dificuldades auditivas, como “alguma dificuldade”, “grande dificuldade” e “não conseguem ouvir de modo algum”, sendo que esse último reúne 1.593 pessoas. No total, a comunidade surda do país é de 10 milhões de pessoas. Continuar lendo

Google Translate agora cobre 99% da população online

new-languages-animationO Google expandiu na semana passada, o suporte a novas línguas no Google Translate. Com a adição de 13 idiomas, o serviço agora conta com 103 línguas, cobrindo 99% da população online, de acordo com estimativas da própria empresa.

Entre as novas línguas estão o aramaico, o gaélico escocês, o samoa, o luxemburguês e a língua havaiana. “Isso significa uma adição de 120 milhões de novas pessoas aos milhões que já usam o tradutor em todo o mundo”, explica a companhia.

Continuar lendo

Wikipedia entra no principal mercado do Google

Foto: Yves Herman/Reuters

Foto: Yves Herman/Reuters

Rivalizar com Google e com Bing, assim como outros motores de busca, parece ser o plano da Wikipedia

A Wikipedia anunciou um plano para criar um motor de busca livre de anúncios e que tem como prioridade principal a privacidade dos utilizadores e a transparência, podendo colocar o produto da empresa como ‘rival’ da Google e do Bing.

De acordo com o NewsWeek (ver notícia original abaixo), a Wikipedia lançou um programa de alguns milhões de reais para construir o “primeiro motor de busca transparente da Internet”. Na visão da empresa, os “motores de busca comerciais dominaram o uso” da internet.

Continuar lendo

2nd Workshop on Collaboration and Computing for Under-Resourced Languages

ccurl2016

O 2nd Workshop on Collaboration and Computing for Under-Resourced Languages – CCURL 2016, cujo tema é “Towards an Alliance for Digital Languages Diversity”, será realizado no dia 23 de maio de 2016, no Congress Centre Bernardin, em Portorož, Eslovênia.

Gilvan Müller de Oliveira, professor da UFSC e assessor do IPOL, é um dos integrantes do Programme Committee.

Data limite para submissão de trabalhos: 17 de fevereiro

Para informações adicionais, leia a divulgação a seguir ou clique aqui e acesse a página do evento (em inglês).

Continuar lendo

Indígenas montam site e contam sua versão da história em materiais didáticos

Portal Índio Educa tem 200 artigos escritos por indígenas para ajudar professores e estudantes - Foto: Reprodução.

Portal Índio Educa tem 200 artigos escritos por indígenas para ajudar professores e estudantes – Foto: Reprodução.

Portal Índio Educa tem artigos escritos por indígenas de diferentes etnias para ajudar professores e estudantes. É uma iniciativa da ONG Thydewá, que possui diversos projetos com o objetivo de empoderar os povos indígenas.

Leonardo Blecher

Ainda nos primeiros anos da escola, quando as crianças têm seus contatos iniciais com a história brasileira, uma das perguntas propostas por muitos professores é “Quem descobriu o Brasil?”. A esta indagação, é comum que se espere que a criançada em coro responda “Pedro Álvares Cabral”.

Ao atribuir ao navegador português a descoberta do país, esta versão dos acontecimentos desconsidera as estimadas 5 milhões de pessoas que aqui viviam antes da chegada dos europeus. Para tentar minimizar este e muitos outros desrespeitos à cultura indígena, a ONG Thydêwá resolveu criar uma plataforma online para que os índios desenvolvam materiais didáticos que contem sua história e atualidade.

No site Índio Educa, é possível encontrar artigos a respeito de diferentes etnias e tribos brasileiras, todos escritos por indígenas. Os assuntos são diversos, e vão de aspectos históricos ao cotidiano. “A época do índio sem voz está terminando. Este projeto tem o objetivo de empoderar o indígena para dialogar. Trabalhamos em cima dos preconceitos que existem, como pessoas que acham que eles ainda vivem nus”, conta o presidente da Thydêwá, Sebastian Gerlic.

Continuar lendo

Por la supervivencia de las lenguas indígenas

Antes de que desaparezcan sin dejar rastros, muchos pueblos indígenas de la región se han lanzado a rescatarlas. Estas son algunas de las novedosas iniciativas latinoamericanas que se presentaron en la ONU para revitalizar las lenguas originarias.

Escucha el reportaje de Radio ONU sobre el tema:

Video: Un llamado para salvar las lenguas indígenas
En este vídeo, indígenas quechua, mapuche y kichwa hacen un llamado en su propia lengua para combatir el racismo y la discriminación que contribuyen a la pérdida de sus lenguas.

Continuar lendo

Facebook

Visite site Oficial

1ºENMP (clique na imagem)

Receba o Boletim

Visite nossos blogs

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Nossas publicações

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Visitantes

Arquivo