Tecnologias e Línguas

App Linguee, dicionário on line

lingueepMais de 400 lexicógrafos e tradutores profissionais estão envolvidos no desenvolvimento do dicionário Linguee, especialmente na combinação português-inglês, com interface localizada em português brasileiro e português europeu. Milhões de traduções foram verificadas e adicionadas, além de inúmeros exemplos de uso. O Linguee também oferece a pronúncia de traduções gravadas por falantes nativos. O dicionário está em constante atualização e o resultado é uma aplicação com milhões de traduções que podem ser acedidas a qualquer instante. A app é totalmente grátis e pode ser usada até mesmo sem conexão à Internet. Continuar lendo

First International Conference on Revitalization of Indigenous and Minoritized Languages

conference-logo-1800x600The First International Conference on Revitalization of Indigenous and Minoritized Languages will take place April 19-21, 2017 in Barcelona, Spain.

The conference is sponsored by Universitat de Barcelona, Universitat de Vic-Universitat Central de Catalunya, and Indiana University-Bloomington.

Continuar lendo

Quase metade das escolas indígenas não tem material didático específico

material

Censo Escolar de 2015, do Ministério da Educação, mostra que pouco mais da metade, 53,5%, das escolas indígenas têm material didático específico para o grupo étnicoDivulgação Prefeitura de Maricá/Fernando Silva

Mariana Tokarnia – Repórter da Agência Brasil

Edição: Graça Adjuto

Ir para a escola e assistir aulas em outro idioma, não conhecer a própria história, aprender a história de outro povo e ter exemplos estranhos à realidade em que se vive é uma situação que parece irreal. No entanto, é assim que são educadas muitas crianças e jovens indígenas. Os últimos dados do Censo Escolar de 2015, do Ministério da Educação (MEC), mostram que pouco mais da metade, 53,5%, das escolas indígenas têm material didático específico para o grupo étnico.

Continuar lendo

Projeto fomenta e cataloga produções audiovisuais indígenas

came

Divulgação VNA

Em 1987, o antropólogo, indigenista e documentarista franco-brasileiro Vincent Carelli criou o projeto Vídeo nas Aldeias (VNA) para levar as primeiras câmeras VHS às aldeias indígenas no Brasil. Seu objetivo era apresentar aos povos um instrumento acessível de expressão para que, assim, pudessem fortalecer sua imagem, preservar e repassar sua memória histórica, tanto para futuras gerações quanto para outros povos – indígenas e não-indígenas.

Continuar lendo

Alunos do ensino médio agora contam com ajuda do ‘Hora do Enem’

hora

Os simulados seguirão o mesmo formato das questões do Enem Imagem: MEC

Estudantes terão acesso gratuito a espaço interativo de estudo com dicas, vídeos educativos, simulados on-line e um programa diário na TV Escola

Por: Portal Brasil

Os estudantes que estão se preparando para prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), principal porta de acesso ao ensino superior no País, vão contar com um novo mecanismo para se preparar para as provas. Trata-se do projeto “Hora do Enem”, lançado nesta terça-feira (5), em cerimônia no Palácio do Planalto.

Continuar lendo

El lunes presentarán versión final del navegador Mozilla Firefox en guaraní

AGUARATATA-FIREFOX-MOZILLAAsunción, IP.- Este lunes, se realizará la presentación oficial y activación de la versión final del navegador Mozilla Firefox en Guaraní “Aguaratata”, será a las 18:00 en el aula B 01 de la  Facultad Politécnica de la UNA en el campus universitario en San Lorenzo.

La iniciativa es liderada por Mozilla Internacional, la Facultad Politécnica de la Universidad Nacional de Asunción,  la Secretaría de Políticas Lingüísticas (SPL) y el Ateneo de la Lengua y Cultura Guaraní.

Continuar lendo

Publicação do IPHAN aborda Diversidade Linguística no espaço Ibero-Americano

Anais5O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) acaba de lançar os Anais do Seminário Ibero-Americano da Diversidade Linguística, evento ocorrido no ano de 2014, em Foz do Iguaçu, Paraná. Disponibilizado em meio digital para acesso livre, a publicação apresenta contribuições de pesquisadores, gestores públicos e de representantes das comunidades linguísticas, estando subdividida em três eixos principais.

Continuar lendo

Anel possibilita que cegos leiam livros comuns que não têm Braille

 readerfingerO avanço tecnológico tem se mostrado muito eficaz no que se refere a salvar  e melhorar a qualidade de vida de pessoas mundo a fora. Conheçam um produto, que ainda está em fase de protótipo, desenvolvido por pesquisadores do MIT (Instituto de Tecnologia de Masschussets), trata-se de um anel que ajuda deficientes visuais a ler livros comuns (aqueles que não tem braile).

Continuar lendo

Entrevista com Gilvan Müller de Oliveira na ReVeL

rvel

“Políticas linguísticas são uma faceta das políticas públicas dos países, das  organizações internacionais, das corporações e instituições, e nesse sentido são um  fazer permanente do homem, sempre adaptadas à sua época, aos interesses geopolíticos, econômicos e culturais em jogo numa determinada fase histórica. Não se esgotam, mudam de foco; não se completam, estão sempre em construção.”

A entrevista foi publicada no volume 14, número 26, da Revista Virtual de Estudos da Linguagem – ReVEL, dedicado ao tema Política Linguística.

A Revista Virtual de Estudos da Linguagem – ReVEL é uma publicação eletrônica, com periodicidade semestral. Idealizada por dois jovens estudantes de Linguística, a ReVEL lançou seu primeiro volume em 2003 e desde então vem contribuindo com a formulação de um pensar e divulgar os estudos da linguagem no Brasil. A atual edição apresenta 11 artigos inéditos, 3 resenhas, 1 artigo traduzido e na seção ReVEL na Escola conta com mais dois artigos.

O número apresenta ainda duas entrevistas inéditas sobre o tema, com os linguistas  Bernard Spolsky, da Universidade Bar-Ilan de Israel, e Gilvan Müller de Oliveira, professor da Universidade Federal de Santa Catarina e pesquisador do IPOL.

Em sua entrevista, Gilvan Müller de Oliveira responde a dúvidas conceituais, cita ações importantes que vem desenvolvendo nas diversas instituições em que atua, coordenando e assessorando projetos e pesquisas sobre as diferentes línguas do Brasil e sobre as políticas públicas que elas demandam. Também discute as questões linguísticas da era digital.

Leia a entrevista completa na edição atual da Revista ReVEL em http://www.revel.inf.br/files/e92f933a3b0ca404b70a1698852e4ebd.pdf

Fonte: IPOL Comunicação

 

Abertas as inscrições para o Segundo Encontro Nacional de Áudio-descrição em Estudo

enadesEstão abertas as inscrições do segundo Encontro Nacional de Áudio-descrição em Estudo que acontecerá de 02 a 07 de maio de 2016, em Maceió, Alagoas.

Continuar lendo

Facebook

Visite site Oficial

1ºENMP (clique na imagem)

Receba o Boletim

Visite nossos blogs

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Nossas publicações

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Visitantes

Arquivo