Política Linguística

Inventário do Hunsrückisch (hunriqueano) vai ao Espírito Santo em Pesquisa de Campo

Equipe do IHLBrL em campo no ES, Ago/2017.

Em sua quarta Campanha de Campo, dessa vez, a Pesquisa está sendo realizada no Espírito Santo e iniciou no dia 12 de agosto de 2017, com atividades de pesquisa na Região Serrana do Estado para o Inventário do Hunsrückisch (hunriqueano) como Língua Brasileira de Imigração (IHLBrI) falada na região. A Equipe que está no ES é composta por Rosângela Morello (Coordenadora Geral da Pesquisa e do IPOL), Rodrigo Schelenker (Pesquisador do IPOL), Cleo V. Altenhofen (Professor da UFRGS e Coordenador da Pesquisa em Campo), Edenize Ponzo Peres (Professora da UFES) e André Kuster (Pesquisador).

Essa pesquisa tem como objetivo fazer com que essa língua faça parte do Inventário Nacional da Diversidade Linguística (INDL) e possa, do ponto de vista político, ser reconhecida como referência cultural brasileira, conforme Rosângela Morello, Coordenadora Geral da Pesquisa e do IPOL.

Continue lendo

Mais de 200 línguas são faladas nas casas do Canadá

Fonte: Espanglish

A imigração é atualmente a grande responsável pelo crescimento da população canadense. Com a chegada de imigrantes de várias partes do mundo, é natural também que diversos idiomas comecem a fazer parte do cenário nacional. O idioma mais falado no Canadá, depois do inglês e do francês, é o mandarim. Cerca de 641 mil pessoas. Seguido pelo cantonês e pelo punjabi.

Continue lendo

Moscou propõe que a Armênia adote o russo como língua oficial

Inscrições em armênio em Nicósia, Chipre. Fonte: CEIRI Newspaper

Na última segunda-feira, 17 de julho, Vyacheslav Volodin, Presidente da Duma Federal, Câmara Baixa do Parlamento da Rússia, sugeriu que a Armênia alterasse sua constituição para incluir o russo como idioma oficial do país. A medida faria com que cidadãos armênios que exercem funções ligadas ao transporte pudessem conduzir seus veículos no território da Federação Russa.

A sugestão foi feita após a Duma ter aprovado uma Lei que permite que nacionais dos Estados membros da União Econômica Euroasiática, da qual a Armênia também faz parte, dirijam comercialmente na Rússia, desde que seus países de origem tenham o russo como uma de suas línguas oficiais. A justificativa é de que os motoristas precisariam ter conhecimento do idioma para compreender adequadamente a sinalização de trânsito. No entanto, nenhum teste de proficiência é exigido, apenas a oficialização constitucional.  Atualmente, Belarus, Quirguistão e Cazaquistão são os países que cumprem com os requisitos impostos.

Continue lendo

Terceira campanha do Inventário do Hunsrückisch (hunriqueano) como Língua Brasileira de Imigração (IHLBrI)

Igreja em SJO, a qual é a maior igreja de madeira em uso da América latina. Fonte: acervo próprio

Terceira Campanha para constituição do Inventário do Hunsrückisch (hunriqueano) como Língua Brasileira de Imigração (IHLBrI)

E a equipe IPOL do Inventário do Hunsrückisch (hunriqueano) como Língua Brasileira de Imigração (IHLBrI) segue em plena atividade durante a 9ª Semana Alemã | 9. Deutsche Woche, que acontece do dia 15 ao dia 22 desse mês em São João do Oeste, em Santa Catarina, a qual faz a divulgação da história dos imigrantes alemães nessa região do Brasil, com peças de dança, teatro, decoração, alimentos e bebidas típicos. A cidade possui cerca de 6.260 habitantes e localiza-se no extremo Oeste Catarinense, com colonização alemã.

Nossa equipe aproveitou para conhecer essa importante semana para a Comunidade Alemã e também para dar continuidade nas ações de levantamento de dados que comporão o Inventário da língua hunriqueana, conforme o Guia INDL, tais como:

  • Caracterização territorial;
  • Identificação e caracterização da comunidade linguística;
  • Identificação e caracterização da língua de referência;
  • Diagnóstico sociolinguístico;
  • Avaliação da vitalidade linguística, revitalização e promoção.

A partir de agora, equipe passará os próximos 7 dias em campo, onde atuará intensamente para a pesquisa e documentação da língua.

 

Inventário do Hunsrückisch (hunriqueano) como Língua Brasileira de Imigração (IHLBrI) continua suas ações

Fonte: Acervo próprio

O Inventário do Hunsrückisch (hunriqueano) como Língua Brasileira de Imigração (IHLBrI) segue em plena execução. Desta vez, a equipe do IPOL responsável por parte das atividades do IHLBrL acaba de voltar da pesquisa em campo na cidade de São Pedro de Alcântara, realizada na primeira semana do mês de julho de 2017.

As atividades foram voltadas para a coleta de informações sobre as línguas e seus usos, visando a compor  o Inventário da língua conforme o Guia INDL, para a qual foram utilizados questionários individuais e sociolinguístico.

Manifestamos nosso agradecimento a todos que nos receberam, e de modo especial, agradecemos o apoio do Prefeito Sr. Ernei José Stähelin, do Secretário de Cultura, Sr. Sérgio Flores, do Coordenador da Casa de Cultura, Sr. Daniel Silveira e do Funcionário da Prefeitura e morador que nos conduziu até as casas, Lucio Erhardt.

Continue lendo

Aplicativo Giulia – para tradução simultânea entre falantes de LIBRAS e Português

Instalado em um smartfone compatível, o aplicativo oferece aos seus usuários diferentes recursos para comunicação, tais como: localização, chat, alerta, babá, despertador.

Fonte: Projeto Giulia

Receba o Boletim

Facebook

Visite nossos blogs

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Visitantes

Arquivo