Outras fonias

Presidente do parlamento timorense pede que estrangeiros respeitem decisão sobre línguas

timor1Presidente do parlamento timorense pede que estrangeiros respeitem decisão sobre línguas

O presidente do Parlamento Nacional timorense pediu hoje (26/02) a outros países e a instituições estrangeiras que deixem de “perturbar” e respeitem a decisão “fundamental e estratégica” de Timor-Leste sobre as suas línguas nacionais, tétum e português.

“Tenho visto, desde o início, infelizmente, interesses estranhos a Timor a perturbar as escolhas fundamentais estratégicas que o país tomou”, disse Vicente da Silva Guterres em entrevista à Lusa.

Continuar lendo

Macau: Cantonês, uma língua entre dois impérios

MacauCantonês, uma língua entre dois impérios

Macau, China (Lusa) – O domínio do português, primeiro, como língua de lei de Macau, e depois do mandarim, o idioma nacional da China, deixaram o cantonês numa posição indefinida: é a voz da população, mas não se sabe se algum dia será a oficial.

Hoje, e até 2049, são duas as línguas oficias de Macau, o Português e o Chinês. No entanto muitos questionam o que está em causa com o termo chinês. É aquele que abarca todas as línguas do país e, portanto, o cantonês, ou é antes o mandarim?

Continuar lendo

Além do português, Siri agora entende seis novas línguas no iOS 8.3

siriAlém do português, Siri agora entende seis novas línguas no iOS 8.3

Recentemente divulgamos que a Siri totalmente em português chega no iOS 8.3 (ver aqui), para alegria dos brasileiros que estavam esperando pela atualização na assistente pessoal presente no sistema operacional da Apple.

Apesar de demorar anos para estar disponível, a iniciativa mostra que a companhia da maçã está de olho nos países que falam português, porém, os executivos da empresa também estão atentos em outras localidades, com intuito de deixar a Siri cada vez mais compatível com as diversas línguas que existem no mundo.

Continuar lendo

Disponibilizada versão digital do livro “Lingua e identidade na fronteira galego-portuguesa”

capaDisponibilizada versão digital do livro “Lingua e identidade na fronteira galego-portuguesa”

Lingua e identidade na fronteira galego-portuguesa / Xulio Sousa, Marta Negro Romero, Rosario Álvarez, editores. Santiago de Compostela: Consello da Cultura Galega, 2014. 283 p. (Ensaio & Investigación) DL. C 1656-2014. — ISBN 978-84-92923-60-1. Baixar aquí o pdf.

A fronteira entre Galicia e Portugal ten sempre a capacidade de atraer unha atención inquiridora e de provocar sentimentos encontrados. Di Castelao que non se soubo o que lle respondeu o vello ao rapaciño que, na beira do Miño, formulou en voz alta o pensamento – ou sentimento – que a tantos trae aqueloutrados, «E os da banda d’alá son máis estranxeiros que os de Madrí?». Deulle forma de pregunta ao seu desconforto ante o paradoxo, mais é probable que non agardase unha resposta.

Desde longa data, cada certo tempo, en espazos de encontro entre lingüistas galegos e portugueses, a conversa, a ollada, o interese… viñan recalando na raia que asemade nos une e nos separa, de modo que paseniñamente se foi facendo urxente colocar no centro da nosa atención esta fronteira galego-portuguesa que todos dan en dicir que está entre as máis antigas de Europa. Pouco sabemos dos criterios con que foi trazada en orixe nin, polo tanto, en que medida respondía a trazos antropolóxicos, lingüísticos, xeográficos ou doutro teor. A raia atravesou as terras do antigo reino de Galicia e partiu en dous o territorio constitutivo do protorromance galego, do que logo habían xurdir a lingua galega e a lingua portuguesa.

Fonte: Consello da Cultura Galega

“Muitas línguas, um mundo”: ONU promove concurso de redação para jovens universitários

One-World-logoONU promove concurso de redação para jovens

Estudantes universitários podem escrever textos em uma das seis línguas oficiais da entidade, entre elas o árabe. Vencedores participarão de uma semana de atividades em Nova York.

São Paulo – A Organização das Nações Unidas (ONU) está com as inscrições abertas para o concurso cultural Muitas línguas, um mundo. O concurso de redação é voltado para jovens universitários de todo o mundo. Eles devem escrever um texto em um dos seis idiomas oficiais da entidade, e que seja diferente de seu idioma materno e da língua na qual receberam a educação primária e secundária. As inscrições podem ser feitas até 25 de março.

Continuar lendo

Opinião: “Banco dos Brics, no tamanho correto”

brasil_chinaOpinião:
Banco dos Brics, no tamanho correto

J. Carlos de Assis*

Um leitor questiona elegantemente minha “noção de grandeza” pelo fato de eu, a seu ver, superestimar o Banco dos Brics. É que ele terá “apenas” US$ 100 bilhões de capital no meio de 36 bancos de desenvolvimento que, ainda segundo ele, existem no mundo. Certamente, raciocina, não seria um banco desse tamanho, quase insignificante, que incomodaria os gestores da geopolítica e da geoeconomia dos Estados Unidos. Por comparação, cita o Banco do Brasil, de um país só, com R$ 536 bilhões de ativos, portanto aproximadamente o dobro do capital do Banco dos Brics.

Continuar lendo

Articulação Brasil-China: Projeto Transul como alavanca de desenvolvimento

Opinião
Articulação Brics-Unasul como alavanca do desenvolvimento brasileiro

J. Carlos de Assis*

brasil_chinaA economia brasileira passa por uma fase de estagnação que pode prolongar-se por anos caso não se consiga mobilizar um conjunto de forças capaz de deslanchar um novo ciclo de crescimento sustentável. É nossa convicção que esse conjunto de forças pode resultar de uma articulação industrial com a China tendo em vista interesses recíprocos que devem ser contemplados a partir de iniciativas convergentes. Abaixo se expõem razões brasileiras que justificam iniciativa nesse sentido, o projeto Transul, e em seguida as razões chinesas para o mesmo projeto. Nas conclusões, volta-se ao exame das perspectivas econômicas brasileiras no sentido de esclarecer os estreitos graus de liberdade de nossa política macroeconômica atual se mantida no curso convencional, ortodoxo ou heterodoxo, e indica-se a contribuição que o projeto Transul poderá dar de forma a alargar esses graus de liberdade macroeconômica.

Continuar lendo

Influência de uma língua mede-se pela capacidade de ligar línguas distantes

Influência de uma língua mede-se pela capacidade de ligar línguas distantes

Ana Gerschenfeld

Na rede de ligações linguísticas derivada do Twitter, o português é das línguas mais influentes a nível global.

Na rede de ligações linguísticas derivada do Twitter, o português é das línguas mais influentes a nível global.

Leia também: Opinião: “Assim (não) se vê a influência da língua portuguesa”

Nem o número de falantes, nem a riqueza económica são o que mais condiciona a influência de uma dada língua a nível global, conclui estudo com participação portuguesa.

Está a pensar em aprender chinês (ou melhor, mandarim) ou a aconselhar os seus filhos a optarem por essa segunda língua estrangeira? É certo que, quando olhamos para o astronómico número de pessoas que fala hoje chinês – e para o crescente poderio económico da China –, temos tendência para pensar que, a par (ou talvez em vez) do inglês, o chinês é que será a língua do futuro. Porém, a acreditar nas conclusões de um estudo realizado por uma equipa internacional, entre os quais um cientista português, essa escolha poderá não ser a mais acertada… A língua franca do futuro poderá ser outra – e as mais importantes no ranking mundial também poderão ser outras.

Os resultados, publicados na última edição da revista Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS), mostram que, ao contrário do que se poderia pensar, influência global de uma língua mede-se principalmente pelo seu nível de ligação com outras línguas. E em particular, pela sua capacidade de mediar a comunicação entre línguas que de outra forma não conseguiriam “falar” entre si.

Continuar lendo

Instituto Confúcio Planeja Ampliar Captação de Recursos

Instituto Confúcio Planeja Ampliar Captação de Recursos

Associações de ex-alunos e doações surgem como perspectivas no futuro dos Centros Confúcio

Por Sun Li em Xiamen [sunli@chinadaily.com.cn] e
Cheng Yingqi em Pequim [chengyingqi@chinadaily.com.cn]

China Daily, 9 de dezembro de 2014

confucious_instituteO Programa Instituto Confúcio, um programa de ensino da língua chinesa e da cultura em rápida expansão, está discutindo canais para integrar recursos sociais e diversificar investimentos.

A possibilidade de estabelecer uma Associação de Ex-Alunos e uma Fundação Instituto Confúcio tornou-se um tema quente na Nona Conferência do Instituto Confúcio na segunda-feira, dia 8 de dezembro, em Xiamen, na província de Fujian.

“Estamos planejando começar pelo estabelecimento de uma associação de ex-alunos, uma plataforma que permite a pessoas de todas as extrações nos darem o seu apoio”, disse Xu Lin, executivo chefe da Sede Central do Instituto Confúcio.

Continuar lendo

Aliados de Merkel defendem que imigrantes falem alemão em casa

Aliados de Merkel defendem que imigrantes falem alemão em casa

Noah Barkin

alemanha-mapaBerlim – Aliados da Bavária da chanceler alemã, Angela Merkel, foram alvo de críticas por sugerir que famílias de imigrantes que desejam permanecer no país devem ser obrigadas a falar alemão em casa.

A União Social Cristã, partido que integra a coalizão de governo, fez a proposta no rascunho de um documento que deve ser aprovado pelos seus líderes nesta segunda-feira, 08/12. No documento, o partido diz: “As pessoas que querem ficar aqui de forma permanente devem ser obrigadas a falar alemão em público e em família”.

A proposta se dá num momento de aumento acentuado da imigração para a Alemanha, devido à chegada de cidadãos de países orientais da União Europeia, como a Polônia, a Romênia e a Bulgária, além de um aumento de refugiados da Síria.

Integrantes da União Social Cristã estão preocupados que o aumento de imigrantes levem os simpatizantes do partido a passar a apoiar a Alternativa para a Alemanha, um novo partido que prega uma linha estrita com imigração. A União Cristã é a principal defensora de uma nova lei contra abusos de benefícios sociais por imigrantes.

Continuar lendo

Facebook

Visite site Oficial

1ºENMP (clique na imagem)

Receba o Boletim

Visite nossos blogs

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Nossas publicações

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Visitantes

Arquivo