Lusofonias

Instituto Cultural Alter’brasilis organiza conferências sobre a cultura brasileira

alter-brasilisO Instituto Cultural Alter’brasilis, que tem como foco a promoção da cultura brasileira e da lusofonia, organiza uma série de Conferências sobre a cultura, literatura e cinema brasileiros, de 13 de janeiro a 4 de fevereiro de 2017, em Paris. As conferências são ministradas em francês e têm entrada aberta para sócios prévia inscrição (para ser sócio do instituto é necessário pagar uma anuidade de 10 euros).

Cronograma

13/01: Cinco séculos de poesia brasileira  II - Reflexão sobre as mulheres e erotismo na poesia moderna e contemporânea brasileira. Quais são as mudanças de perspectiva que ocorrem quando a mulher não está mais no papel tradicional de “musa”, mas se torna uma poeta? Apresentado pela pesquisadora Patrícia Lavelle. Continuar lendo

Mandinga – Revista de Estudos Linguísticos

ma
A Mandinga – Revista de Estudos Linguísticos, periódico da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB), está recebendo submissão de artigos experimentais, artigos de revisão de literatura, ensaios e resenhas até o dia 15 de novembro para publicação de primeiro volume, previsto para fevereiro de 2017.
Recebemos  contribuições inéditas de graduandos, graduados e pós-graduados na área da linguística teórica e aplicada, assim como trabalhos que abordem questões relacionadas a políticas linguísticas para internacionalização e promoção da língua portuguesa.
Os trabalhos submetidos devem estar formatados de acordo com as Diretrizes para autores, disponibilizadas na página do periódico.
Fonte: email de divulgação

 

“8 séculos de história”, reportagem sobre a história e projeções da Língua Portuguesa no mundo

ufsc

Desde sua formação, a língua portuguesa passou de um idioma europeu para um dos mais falados na América — mas hoje, seu futuro está na África e na Ásia

10ª edição do Circuito de Teatro em Português, em São Paulo

teatro

Apresentação

O Circuito de Teatro em Português foi criado em 2003 com o objetivo de promover o intercâmbio cultural entre Brasil, Portugal, Angola, Moçambique, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Guiné Bissau e Timor Leste. Através do teatro, o evento busca o estreitamento das relações artísticas e o reconhecimento das diferenças e semelhanças culturais entre os países onde se fala a língua portuguesa.

Em 2016, o Circuito celebra a sua 10ª edição, marcada pelo alargamento das nossas fronteiras disciplinares para além do teatro e da língua portuguesa. Esta edição é ocasião para comemorar uma década de colaborações e parcerias que, com esforço, persistência e carinho, tornaram o projeto possível ano após ano.

A festa do Circuito inaugura também um novo rumo para o projeto com atividades ligadas à dança, artes visuais e literatura, incluindo os artistas que se expressam em línguas nacionais e regionais dos países lusófonos (as línguas-“mãe”).

As várias línguas-mãe, determinantes para a formação e expressão de culturas tão distintas entre estes países, estarão parcialmente presentes em alguns dos espetáculos da programação. Procuramos assim aprofundar o nosso conhecimento sobre formas de expressão e sentir nos países de língua oficial portuguesa.

Por fim, oferecemos esta edição do Circuito de Teatro em Português à grande atriz e produtora luso-brasileira Ruth Escobar: a mãe dos festivais e do intercâmbio teatral no Brasil e organizadora do primeiro festival internacional de teatro em São Paulo – o Festival Internacional de Artes Cênicas de São Paulo.

Os ingressos são gratuitos e a programação extensa. Mais informações e programação completa no site: www.circuitoteatroportugues.com.br

Fonte: Site do Evento

Portugal quer promover o uso do português no Comité Olímpico Internacional

portuga2

Inacio Rosa/LUSA

O Governo português quer aproveitar a realização dos Jogos Olímpicos no Brasil para promover o uso da língua portuguesa no Comité Olímpico Internacional.

O Governo português quer aproveitar a realização dos Jogos Olímpicos no Brasil, este verão, para promover o uso da língua portuguesa no Comité Olímpico Internacional, disse esta terça-feira o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva.

Continuar lendo

Colóquio Internacional “Língua Portuguesa: Ações e Projeções”

cartaz-colc3b3quio-praia-2016-fundo-escuroO Colóquio Internacional «Língua Portuguesa: Ações e Projeções» decorrerá no dia 11 de maio, às 15 horas, na sede do Instituto Internacional da Língua Portuguesa (IILP), na cidade da Praia, em Cabo Verde. Continuar lendo

Mesa-redonda “A Diversidade Linguística dos Espaços da Língua Portuguesa”

fanceAcontece no dia 26 de maio de 2016, na Fundação Calouste Gulbenkian, Paris, mesa-redonda “A Diversidade Linguística dos Espaços da Língua Portuguesa”. A mesa terá participação de Ana Josefa Cardoso, Edleise Mendes, Gláucia Silva, Isabelle Simões Marques, Jaine Beswick e Michèle Koven. O encontro internacional é organizado em colaboração com a Fundação Calouste Gulbenkian (FCG) e o Instituto Internacional de Língua Portuguesa (ILLP / CPLP).

Continuar lendo

Português terá grande crescimento de falantes no final do século

portuga

Foto: Lusa

Até ao final do século XXI, o português será uma das cinco línguas com grande crescimento e projeção no mundo, com 400 milhões de falantes, disse hoje Guilherme d´Oliveira Martins, administrador da Fundação Calouste Gulbenkian.

 “A língua portuguesa vai até ao final do século XXI ser uma das cinco línguas do mundo que vai registar não apenas um grande crescimento, mas também uma projeção global, em todos os continentes”, disse.

Continuar lendo

Coimbra cria mestrado para professores de Português na China

imagens-urbanas-de-cantc3a3o

Imagem urbana de Cantão

A Universidade de Estudos Estrangeiros de Cantão, na China, vai acolher um mestrado para formar professores de Português, criado pela Universidade de Coimbra (UC) em parceria com o Instituto Politécnico de Macau.

Continuar lendo

Ensino de português vai continuar a crescer na China

xanfai

Inacio Rosa/LUSA

Principal fator do crescimento é o econômico, afirma professora da Universidade de Estudos Internacionais de Xangai. Na China já há mais de 30 instituições com o curso de licenciatura em português.

Apesar disso, a professora que recebeu, no ano passado, a insígnia de Comendador da Ordem de Mérito das mãos do embaixador de Portugal na China, em nome do Presidente da República, não constata um aumento muito expressivo na Universidade de Estudos Estrangeiros de Xangai.

“Em comparação com os anos anteriores não estamos a notar um crescimento muito grande”, mas isso, ressalva, pode também ter uma outra explicação: o controlo do número de estudantes admitidos.

Continuar lendo

Facebook

Visite site Oficial

1ºENMP (clique na imagem)

Receba o Boletim

Visite nossos blogs

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Nossas publicações

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Visitantes

Arquivo