Línguas

BBC vai emitir em 11 línguas e uma é a da Coreia do Norte

bbc

Foto BBC/Público

As redes sociais e os conteúdos digitais vão ser outra das apostas da cadeia britânica.

A cadeia britânica BBC vai reforçar a sua aposta em África, mas também no Leste europeu, na Rússia e na Ásia, incluindo a Coreia do Norte. No total, prepara-se para emitir em 11 novas línguas, naquela que é a maior expansão da cadeia desde 1940.

O serviço mundial da BBC (BBC World Service, no original) prepara-se, agora, para emitir em países da África subsariana e da Península Arábica. As novas línguas introduzidas serão oromo (falado na Etiópia e no Quénia), amárico (Etiópia e partes do Oriente Médio), guzerati (Índia e Paquistão), igbo (Nigéria), coreano, marata (Índia), pidgin, panjábi (Índia e partes do Paquistão), telugo (Índia), tigrínia (Etiópia e Eritreia) e iorubá (Nigéria, Benim, Togo e Serra Leoa). Continue lendo

Projeto de extensão da UFSC promove grupos de conversação em francês, italiano, inglês e espanhol

brasao_349O projeto de extensão Grupos de Conversação da UFSC promove quatro encontros semanais, gratuitos e abertos à comunidade, com um idioma diferente a cada dia: francês (segunda-feira), italiano (terça-feira), inglês (quinta-feira) e espanhol (sexta-feira). Todos podem participar, indiferentemente do nível de proficiência: o objetivo é dividir conhecimento nesses idiomas.

As atividades, coordenadas pelo professor André Berri, são realizadas das 12h30 às 13h30, na sala 252 do Centro de Comunicação e Expressão (CCE), de 15 de agosto a 25 de novembro. É possível ingressar a qualquer momento, durante o semestre – não há necessidade de inscrição.

Mais informações pelo telefone (48) 3721-9288.

Fonte: Notícias da UFSC

Ferramenta transforma Netflix em plataforma para estudo de línguas

netflix170714

Foto: Diário Digital

Surgiu uma ferramenta que transforma a Netflix na plataforma ideal para quem está a estudar um idioma diferente.

A novidade chama-se Lingvo e permite que as pessoas usem as legendas dos filmes e séries para aprender a língua estudada.

Continue lendo

Língua mirandesa vai ter centro de documentação

Língua mirandesa vai ter centro de documentação

mirandesUm centro de documentação e o desenvolvimento de um conjunto de ferramentas digitais aplicadas à língua mirandesa são as principais apostas da recém-criada Associação de Língua e Cultura Mirandesa (ALCM), sediada em Miranda do Douro, avançou fonte ligada à iniciativa.

O objetivo passa por tornar a língua mirandesa mais acessível a investigadores, estudiosos e público em geral, que pretendam fazer estudos avançados – como teses de douramento, mestrados e outro tipo de estudos – ou utilizá-la como forma de comunicação quotidiana.

Continue lendo

IPOL Pesquisa

Receba o Boletim

Facebook

Revista Platô

Visite nossos blogs

Clique na imagem

Clique na imagem

Visitantes

Arquivo