licenciatura intercultural indígena

Mapa Yvirupa: Cartografia Digital do Território Guarani em Florianópolis (SC)

rs_tava_guaranimbya_sitio_arqueologico_s_miguel_missoes_daniele_pires_2Nos próximos dias 14 e 15 de outubro, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em parceria com o Centro de Trabalho Indigenista (CTI), realizam na capital catarinense o Seminário: Mapa Yvyrupa: Cartografia Digital do Território Guarani.

No evento, que conta também com a parceria do curso de Licenciatura Intercultural Indígena do Sul da Mata Atlântica da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), serão divulgados os dados sobre a ocupação e a cultura Guarani no Sul e Sudeste do Brasil, organizados ao longo das últimas décadas e disponibilizados aos Guarani e demais públicos interessados na plataforma online e interativa.

A iniciativa é resultado de parceria entre o Iphan e o CTI que já vêm implementando uma série de ações de formação de pesquisadores e reconhecimento de referências culturais entre os Guarani Mbyá nos estados do sul e sudeste do Brasil. O Seminário é voltado aos estudantes indígenas da Universidade Federal e demais guarani da região e as inscrições podem ser feitas diretamente na secretaria do curso de Licenciatura Intercultural Indígena da UFSC. Para saber mais, acesse o site do evento.

Serviço:
Seminário Mapa Yvirupa: Cartografia Digital do Território Guarani
Data: 14 e 15 de outubro
Local: Miniauditório do Centro de Filosofia e Ciência Humanas – UFSC
Campus Trindade – Florianópolis- SC

Fonte: Portal do IPHAN

Licenciatura indígena no Amazonas na corda bamba

lice

Alunos da etnia Baniwa no curso de Licenciatura indígena em São Gabriel da Cachoeira

Enquanto MEC e UFAM decidem quem paga a conta, alunos e professores da licenciatura indígena convivem com a incerteza sobre continuidade das aulas

Rosana Villar, de Manaus 

Ser aprovado no vestibular de uma grande universidade pública é um prazer experimentado por pouquíssimos brasileiros. É a meta de boa parte dos jovens ao final da adolescência e o drama de muitas famílias que, em caso negativo, nunca terão condições de arcar com os estudos de seus filhos.

Assim, não é difícil de imaginar como Gabriel Gonçalves sentiu-se ao receber a notícia de que, “em razão da crescente crise econômica que passa o país”, seu curso seria cancelado.

Ele foi o primeiro colocado em um vestibular que selecionou 120 estudantes para uma seleta turma de Licenciatura Indígena, Políticas Educacionais e Desenvolvimento Sustentável, em São Gabriel da Cachoeira. Continue lendo

Cursos de licenciatura elevam autoestima e fortalecem cultura das populações indígenas

agcom

Os 87 alunos que participaram da primeira turma formada pela UFSC acreditam que o curso fortalece sua cultura (Foto: Henrique Almeida/Agecom/DGC/UFSC)

Os cursos de licenciatura indígena ofertados pelas universidades públicas, além de distintos entre si, respeitam as diferenças interculturais e territoriais de cada etnia. Atualmente existem mais de 20 cursos de licenciatura indígena em nosso país, exclusivo para essas populações.

No próximo dia 25 de abril começam as aulas da segunda turma do curso de licenciatura intercultural indígena do Sul da Mata Atlântica. A graduação está ligada ao Centro de Filosofia e Ciência Humanas do Departamento de História da Universidade Federal de Canta Catarina (UFSC), mas recebe alunos dos estados do Rio Grande do Sul, Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Espirito Santo.

Continue lendo

Abertura da 2ª turma do curso Licenciatura Indígena da UFSC

licenciaturaufscA cerimônia em comemoração à abertura da 2ª turma do curso de Licenciatura Intercultural Indígena do Sul da Mata Atlântica será realizada nos dias 25 e 26 de abril no auditório do CFH/UFSC. Os estudantes – que são indígenas dos povos Guarani, Kaingang e Xokleng-Laklãnõ – iniciarão as aulas na tarde da terça-feira, 26 de abril. A primeira turma de alunos do curso ingressou em 2011 e se formou em abril de 2015.
No dia 25, às 16h, ocorrerá a mesa Licenciatura Intercultural Indígena na UFSC: 10 anos de conquistas e desafios, coordenada pela professora Maria Dorothea Post Darella, com a presença dos ex-coordenadores do curso. No dia 26, às 10h, será realizada a cerimônia de abertura do semestre, a qual participará a coordenadora do curso de Licenciatura Indígena, Antonella Maria Imperatriz Tassinari, e da vice-reitora da Universidade, Lúcia Helena Pacheco.
Mais informações e programação no site: licenciaturaindigena.ufsc.br

Fonte: Notícias da UFSC

Receba o Boletim

Facebook

Visite nossos blogs

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Visitantes

Arquivo