Libras

Campanha de jovem surda pede que youtubers brasileiros utilizem legendas descritivas

“A comunidade surda pode e deve acompanhar a comunidade ouvinte. Nós queremos igualdade como os ouvintes, não desigualdades por conta da nossa deficiência.”

Para a comunidade surda, as legendas descritivas nos vídeos da internet são uma ferramenta de empoderamento e inclusão.

A youtuber Larissa Jorge é surda e usa o seu canal na rede social de vídeos para compartilhar conteúdos sobre a comunidade não ouvinte, mas também sobre temas de seu interesse, como os tutoriais de maquiagem. Porém, muitas das referências que a jovem tem são de youtubers ouvintes.
Continue lendo

Central de Libras volta a funcionar após denúncia

As atividades que estavam paralisadas retornaram a normalidade (Foto: Portal Infonet)

Após denúncia veiculada pelo Portal Infonet, a Central de Interpretação de Libras, situada no Centro de Atendimento ao Cidadão (CEAC), da Rua do Turista voltou a funcionar normalmente, na última quarta-feira, 22. Inaugurado em 30 de agosto do ano passado, o local que presta serviços de assistência a deficientes auditivos estava com suas atividades paralisadas.

O serviço é destinado a cerca de 12 mil pessoas surdas existentes em Sergipe e conta com três tipos de agendamento, a depender da necessidade do usuário: presencial, virtual e “in loco”. Neste último tipo, segundo informações da Secretaria de Estado da Inclusão Social, (Seidh), a Central disponibilizará intérprete em horário previamente agendado, para acompanhamento de pessoas surdas a bibliotecas, hospitais, delegacias, tribunais e outros locais de atendimento ao público. Continue lendo

Operadoras têm que oferecer atendimento online em Libras

Entrou em 1º/12/2017, a obrigação das prestadoras de telefonia móvel e fixa disponibilizarem intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (Libras) aos usuários. Pelos portais online das empresas deverá ser possível ao deficiente auditivo realizar videochamadas pelo computador, tablet ou smartphone.

Como informa a Anatel, essa é uma das obrigações do Regulamento Geral de Acessibilidade, que prevê, seja pela internet em nos demais canais de atendimento informações mecanismos de interação via mensagem eletrônica, webchat e videochamada por profissionais qualificados para atender as pessoas com deficiência, além de possuir atendimento especializado que possibilite a melhor comunicação às pessoas com deficiência auditiva. Continue lendo

Professora conta histórias infantis com linguagem de sinais no YouTube – Brasil

A professora Carolina Hessel, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, criou um projeto para contar histórias infantis para crianças com a Libras (Língua Brasileira de Sinais) em um canal no YouTube.

O canal se chama “Mãos Aventureiras”, foi lançado há três meses e conta com mais de mil inscritos. Carolina já contou histórias clássica no canal, como “A Centopeia e Seus Sapatinhos” e “O Sanduíche da Maricota”.

Crianças de escola de robótica criam app para ajudar na comunicação de surdos

Show app 123

Henrique Ferreira, 10 anos, e João Victor Barreto, 11 anos. Foto: Divulgação

Depois de assistir a um vídeo sobre crianças com deficiência auditiva, os alunos Henrique Ferreira, 10 anos, e João Victor Barreto, 11 anos, tiveram a ideia de criar o app “Deaf Translator”

Alunos de seis a 11 anos da turma de “Padawans” da escola de robótica Manaós Tech for Kids criaram um aplicativo que tem por finalidade ajudar as pessoas surdas a se comunicarem melhor. O aplicativo foi batizado como “Deaf Translator” que em português significa “tradutor para surdos”. O download é gratuito e está disponível para Android pela Play Store. Clique aqui para baixar.  Continue lendo

Recife ganha sessões de cinema para pessoas que não enxergam e não escutam

Sessão de cinema com recursos de acessibilidade encanta público

Sessão de cinema com recursos de acessibilidade encanta público

Filmes são exibidos com recurso de audiodescrição, Língua Brasileira de Sinais (Libras) e legendas para surdos e ensurdecidos no cinema da Fundaj. Projeto promove sessões quinzenais.

Continue lendo

IPOL Pesquisa

Receba o Boletim

Facebook

Revista Platô

Visite nossos blogs

Clique na imagem

Clique na imagem

Visitantes

Arquivo