Libras

MEC garante mais apoio à educação de surdos

Fonte: Folha PE

Ampliar as políticas de afirmação de pessoas com problemas auditivos. Foi o que garantiu o ministro da Educação, Mendonça Filho, durante entrevista

O Ministério da Educação (MEC) afirmou, nessa segunda-feira (06), que busca ampliar a acessibilidade e políticas de afirmação de surdos. Segundo o gestor da pasta federal, Mendonça Filho, está incluída na proposta da Base Nacional Comum Curricular, a formação adequada de professores. O treinamento específico é o passo para “uma política pública cada vez mais inclusiva, respeitando a condição específica dos surdos ou daqueles que têm deficiência auditiva no nosso País”, afirmou.  Continue lendo

Ronaldo Tenório, empreendedor digital: “O surdo vive como estrangeiro dentro de seu país”

Alagoano, escolhido pelo Massachusetts Institute of Tecnology (MIT) um dos jovens mais inovadores do mundo, veio ao Rio para seminário no Museu do Amanhã.

“Tenho 31 anos, moro em Maceió e sou publicitário, com especialização em Comunicação Estratégica. Sempre gostei de misturar tecnologia e comunicação. Na faculdade, tive a ideia de facilitar a comunicação com os portadores de deficiência auditiva. Criei um aplicativo que faz a tradução para a Língua Brasileira de Sinais.”

Conte algo que não sei.

No Brasil, 70% dos deficientes auditivos têm dificuldade com o português. A gente aprende a ler e escrever pela fonética: vai ouvindo, falando e escrevendo. Como o surdo não tem a fonética, encontra dificuldades para relacionar a escrita ao som, e as palavras viram coisas soltas. A experiência da comunicação visual faz muito mais sentido. Continue lendo

Tecnologias no Universo dos Surdos e da Libras

No Brasil existem mais de 10 milhões de pessoas com problemas auditivos. Sim, quase 5% da população total. Grande parte destes, são completamente surdos.

São inúmeros os desafios que um surdo apresenta no dia-a-dia. Embora os problemas associados com uma completa falta de audição possam parecer óbvios, há uma miríade de obstáculos específicos diários e específicos, os surdos têm que lidar, como se comunicar no escuro ou lidar com o preconceito.

No âmbito profissional, podemos citar como barreira as práticas de negócios que reduzem o acesso aos cidadãos surdos e com deficiência auditiva no mercado de trabalho.

Continue lendo

Enem: candidatos deficientes auditivos farão videoprovas

A videoprova é uma das novidades do Enem 2017

A videoprova é uma das novidades do Enem 2017 (Foto: Arquivo Infonet)

As mídias onde estão gravadas as videoprovas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), traduzidas para a língua brasileira de sinais (Libras), foram enviadas nesta sexta-feira, 21, para a gráfica que fará a reprodução do material. O transporte contou com escolta da Polícia Federal para garantir a segurança e o sigilo das informações. As videoprovas serão aplicadas pela primeira vez no Enem 2017 aos candidatos surdos ou com deficiência auditiva que solicitaram o recurso.

De acordo com a diretora de Gestão e Planejamento do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Eunice Santos, o transporte das videoprovas é feito com o mesmo aparato de segurança realizado na prova regular.

Continue lendo

Inventário Nacional da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) – levantamento on line

Acontece no Brasil, o Inventário Nacional da Lingua Brasileira de Sinais (LIBRAS), projeto executado pela parceria entre o IPOL e a UFSC,  em convênio com o IPHAN/MinC.

Nesse momento, está no ar a pesquisa on line para surdos e ouvitens falantes fluentes  da LIBRAS com um questionário muito fácil de ser preenchido, sendo que o questionário para surdos está todo em LIBRAS.

Já responderam cerca de 2.000 pessoas, mas o projeto quer alcançar ainda mais usuários da língua. Por isso, contamos com a sua colaboração e divulgação dos questionários. Abaixo você encontrará os links correspondentes.

Qestionário para surdos

Questionário para ouvintes

Lembramos que a coleta de dados através dos links será feita até dia 31/07/2017. Após essa data, a equipe do projeto entra em fase de tratamento e análise dos dados coletados.

Aplicativo Giulia – para tradução simultânea entre falantes de LIBRAS e Português

Instalado em um smartfone compatível, o aplicativo oferece aos seus usuários diferentes recursos para comunicação, tais como: localização, chat, alerta, babá, despertador.

Fonte: Projeto Giulia

IPOL Pesquisa

Receba o Boletim

Facebook

Visite nossos blogs

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Visitantes

Arquivo