Educação Patrimonial

Seminário Patrimônio, Memória e Educação

brasao_788O Grupo de Pesquisa PAMEDUC tem o prazer de convidá-los a participar do Seminário “Patrimônio, Memória e Educação” a se realizar nos dias 22 e 23 de setembro de 2016, no Auditório Henrique Fontes e na Sala Drummond, do Centro de Comunicação e Expressão (CCE/UFSC). Na manhã do dia 22/09 contaremos com a Conferência da Profª Drª Helena Maria Marques Araújo, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

Clique aqui para acessar a programação completa.

Fonte: Site PPGE/UFSC

 

Lançamento de publicações marca comemorações dos 80 anos do Iphan

CapeRostoInventarioDoPatrimonio_15x2111O lançamento de três publicações inéditas integra a agenda de atividades em torno das comemorações dos 80 anos do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), que acontecem no Rio de Janeiro, no Palácio Capanema, no próximo dia 5 de maio, a partir das 18h. As obras abordam diferentes aspectos da política nacional de preservação do patrimônio cultural, todos relevantes para a necessária reflexão sobre os rumos e diretrizes a serem seguidos nos próximos anos para o tema. As atividades comemorativas, que têm início às 14h, serão transmitidas online em link disponibilizado na data, no site e redes sociais do Iphan.

Continue lendo

Portaria fortalece política de Educação Patrimonial do Iphan

iphan2

Foto IPHAN

Resultado de amplo debate, pesquisas e avaliações das práticas e ações educativas voltadas à preservação do Patrimônio Cultural, a portaria nº 137, de abril de 2016, publicada nasexta-feira, 29 de abril, consolida as atuais diretrizes com as quais o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) tem atuado no campo da Educação Patrimonial.

Continue lendo

2ª Oficina do Projeto “Línguas de imigração como patrimônio” em Blumenau

bannerNeste sábado, 9 de abril, acontece na Sede da AMMVI, Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí, em Blumenau, o segundo dia de oficina do Projeto  “Línguas de imigração como patrimônio: (re)conhecendo a diversidade linguística no sabor da herança culinária”. O projeto, contemplado pelo edital Elisabete Anderle de Estimulo à Cultura 2014 é coordenado pela pesquisadora do IPOL e do NAUI – Dinâmicas Urbanas e Patrimônio Cultural – da UFSC, Mariela F. da Silveira e e executado pelo Instituto de Investigação e Desenvolvimento em Política Linguística(IPOL).

O Projeto objetiva, através das oficinas, promover a educação patrimonial com destaque ao cenário plurilíngue e multicultural e às histórias das imigrações e das comunidades linguísticas da região através da culinária.

o primeiro dia de oficinas ocorreu no dia 19 de março e encerrou com o lançamento do Livro Receitas de Imigração. Segundo a equipe de trabalho, espera-se que o público esteja novamente presente para continuidade. Neste sábado, será abordado o tema Línguas e Imigração no Brasil. Outros participantes ainda podem se inscrever.

Mais informações: lingua.patrimonio@gmail.com  ou telefone: (48) 9122-8517

Serviço: 

O quê: Inscrições gratuitas para Oficinas do projeto “Línguas de Imigração como Patrimônio: (re)conhecendo a diversidade linguística no sabor da herança culinária”

Onde: Sede da Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí. Rua Alberto Stein, n° 466, Bairro Velha, Blumenau

Quando: Oficina “Línguas e Imigração no Brasil” em 09/04/2016

Oficina  “Línguas e políticas de reconhecimento e promoção” em 14/05/2016

Quem pode participar?

Membros das comunidades da região (professores, lideranças, comunidade em geral);

Gestores locais (representantes de Secretaria de Cultura, Secretaria de Educação e de associações);

Inscrição: no endereço https://docs.google.com/…/1E1MHt4PsBM7-laUH201UyuqJHuw…/edit ou entre em contato pelo e-mail lingua.patrimonio@gmail.com  ou telefone: (48) 9122-8517

Fonte: IPOL Comunicação

oficina blumenau

IPOL Pesquisa

Receba o Boletim

Facebook

Visite nossos blogs

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Visitantes

Arquivo