Educação Linguística

Conferência Internacional: Italiani sull’oceano

mudecpO auditório do MUDEC ― Museu das Culturas de Milão recebe nos dias 3, 4 e 5 de maio de 2016 a Conferência Internacional: Italiani sull’oceano. Relazioni artistiche tra Italia e Brasile nel ’900.
 
O evento é patrocinado pelo Departamento de Património Cultural e Ambiental da Universidade de Milão e o MAC USP ― Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo, em parceria com o Museu das Culturas de Milão, o Departamento de Línguas e Literaturas Estrangeiras da Universidade de Milão e do Instituto Lina Bo e P.M. Bardi. Continue lendo

VI Colóquio e I Instituto da Associação Latino-Americana de Estudos do Discurso – ALED – Brasil – Estudos do discurso: questões teórico-metodológicas, sociais e éticas

aledbrpVI Colóquio e I Instituto da Associação Latino-Americana de Estudos do Discurso – ALED – Brasil – Estudos do discurso: questões teórico-metodológicas, sociais e éticas, de 27 a 30 de julho de 2016, na Universidade Federal de São Carlos – UFSCar, na cidade de São Carlos, São Paulo, Brasil.

Continue lendo

First International Conference on Revitalization of Indigenous and Minoritized Languages

conference-logo-1800x600The First International Conference on Revitalization of Indigenous and Minoritized Languages will take place April 19-21, 2017 in Barcelona, Spain.

The conference is sponsored by Universitat de Barcelona, Universitat de Vic-Universitat Central de Catalunya, and Indiana University-Bloomington.

Continue lendo

Surdos discutem Políticas Públicas, Direitos Humanos, Acessibilidade Linguística e lançam o livro Curupira Surdo

libras2

Acadêmicos, Profissionais de todas as áreas, Comunidade Surda, população em geral participam neste sábado, 30,  do 2º seminário em Comemoração ao Dia Nacional da Libras, na Faculdade Católica de Rondônia. Será durante todo o dia, a partir das 9h, com a participação de 250 inscritos. A coordenação é da Associação Projeto Açaí com Libras, através da coordenadora Geral Dulcilene Saraiva Reis.

Continue lendo

64º Seminário do GEL, em julho, na UNESP de Assis

gelAcontece de  5 a 8 de julho,  na UNESP de Assis,  o  64º  Seminário do GEL – Grupo de Estudos Linguísticos do Estado de São Paulo. 

O Seminário ocorrerá na Faculdade de Ciências e Letras (FCL). A pesquisadora Rosângela Morello, do IPOL, participa, no dia 6, da mesa-redonda: Políticas Linguísticas em Contextos Multilíngues Brasileiros.
Mais informações sobre o evento: http://www.gel.org.br/

Continue lendo

Oficinas “Línguas de imigração como patrimônio”, em Blumenau

anderle3

Pesquisadoras Mariela Silveira e Ana Paula Seiffert Foto: IPOL

Aconteceu no dia 09 de abril, na Sede da AMMVI – Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí, em Blumenau,  oficina do Projeto “Línguas de imigração como patrimônio: (re)conhecendo a diversidade linguística no sabor da herança culinária”, contemplado pelo edital Edital Elisabete Anderle,  da Fundação Catarinense de Cultura.

Na oportunidade, os pesquisadores do IPOL, Gilvan Müller de Oliveira, Rosângela Morello, Ana Paula Seiffert e Mariela Silveira participaram de debates acerca da imigração no Brasil e do deslocamento necessário para uma compreensão das línguas de imigração não mais como um “problema”, e sim, como direito e como recurso linguísticos. Compreensão essa que tem apoiado a construção de políticas que visam garantir o futuro dessas línguas, tais quais o Inventário Nacional da Diversidade Linguística (INDL) e as cooficializações de línguas em âmbito municipal, ambas debatidas nas oficinas.

anderle4

Professora Maristela Pereira Fritzen Foto: IPOL

A participação da Professora Maristela Pereira Fritzen, da FURB, enriqueceu a oficina trazendo o panorama das atividades que envolvem as línguas de imigração, sobretudo as de origem alemã, no Vale do Itajaí. A professora e pesquisadora situou o público presente sobre as pesquisas que vem sendo desenvolvidas, trazendo muitos exemplos que contextualizam vários fenômenos linguísticos e identitários que influenciam na manutenção e/ou perda dessas línguas na região.

No início da tarde, Rosângela Morello apresentou um panorama das cooficializações de línguas em nível municipal no Brasil, discutindo as potencialidades dessa política que vem se disseminando e que já alcança 11 línguas (4 de descentes de imigrantes e 7 de indígenas) em 19 municípios brasileiros.

A rodada de conversa do segundo dia de oficinas foi finalizada com um trabalho em grupo para a elaboração de proposições para a promoção das línguas de imigração na região e os grupos presentes socializaram suas reflexões e propostas.

Em breve o IPOL divulgará novas notícias, programação e um fechamento especial do ciclo de ações realizadas na região, contemplando o lançamento de documentário produzido pelo IPOL e que busca valorizar os saberes, memórias e fazeres culinários dos povos envolvidos “das doçuras às amarguras”, como se referiu a pesquisadora Rosângela Morello, no prefácio do livro Receitas de Imigração, também produzido no âmbito das atividades recentes realizadas no Vale do Itajaí.

 

Fonte: IPOL Comunicação

IPOL Pesquisa

Receba o Boletim

Facebook

Revista Platô

Visite nossos blogs

Clique na imagem

Clique na imagem

Visitantes

Arquivo