Censos e diagnósticos sociolinguísticos

IPOL participa do VIII Seminário de Demografia dos Povos Indígenas

VIIIseminarioIPOL participa do VIII Seminário de Demografia dos Povos Indígenas

Nesta quarta, 26 de agosto de 2015, às 11h, será realizada a comunicação “Censos linguísticos no Brasil: Cenários demolinguísticos e perspectivas políticas para as línguas indígenas“, proferida pela coordenadora-geral do IPOL, Rosângela Morello, integrante da mesa “Dimensões culturais e antropológicas no espaço geográfico”, coordenada por Marta Azevedo (UNICAMP).

A mesa faz parte da programação do VIII Seminário de Demografia dos Povos Indígenas: Saúde, Território e Ambiente, realizado de 26 a 28 de agosto de 2015, no CIC – Centro de Inteligência Corporativa do IBGE, Av. Franklin Roosevelt, 146 – 10º andar – Centro – Rio de Janeiro, RJ. Clique aqui para baixar o folder com a programação do evento.

Continue lendo

IPOL realiza 1ª formação de digitadores e 2ª etapa de formação recenseadores para o censo linguístico do município de Antônio Carlos-SC

antoniocarlosIPOL realiza 1ª formação de digitadores e 2ª etapa de formação recenseadores para o censo linguístico do município de Antônio Carlos-SC

Nos dias 10 e 16 de abril foram realizadas, respectivamente, a 1ª formação dos digitadores e a 2ª etapa de formação dos recenseadores que atuarão no censo linguístico do município de Antônio Carlos-SC.

Leia também: Ipol realiza Censo Linguístico e Diagnóstico da Língua Hunsrückisch

Márcia R. P. Sagaz

Márcia R. P. Sagaz

“Em quase 3 horas de trabalho pudemos discutir sobre as orientações para digitação, conhecer os questionários, entender sua lógica e também conversar sobre as implicações de um censo e sua relevância. Assim, além dos questionários, das planilhas, incluindo de controle de fluxo, os digitadores receberam o manual do recenseador e o tutorial para digitação”, informou Márcia R. P. Sagaz, coordenadora técnica do censo e responsável pela formação.

De acordo com Sagaz, nessa etapa de formação dos recenseadores foram discutidos aspectos relativos à coleta e ao modo de abordagem. Também foram tematizados alguns pontos conceituais a partir da vivência dos recenseadores nestas primeiras semanas de coleta de dados, que já vem sendo realizada desde o dia 24 de março.

Antônio Carlos e a língua Hunsrückisch Continue lendo

IPOL Pesquisa

Receba o Boletim

Facebook

Visite nossos blogs

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Visitantes

Arquivo