Anglofonia

EUA: seus Estados onde o inglês é língua oficial

States where English is the official language

By Hunter Schwarz

statesFive states are considering legislation this year to make English their official language. If passed, they would join the 31 states with existing official language laws.

In some states, an official language is treated similar to how official flowers, birds, or trees are treated: as just a designation without any particular guidelines for what to do about it. In Illinois, for example, its English law states simply, “The official language of the state of Illinois is English.”

In Missouri, it’s even more vague, more of an observation than a designation: “The general assembly recognizes that English is the most common language used in Missouri and recognizes that fluency in English is necessary for full integration into our common American culture.”

Continuar lendo

Copa do Mundo intensifica necessidade de aprender outras línguas

Copa 2014 movimenta o ensino de idiomas no Brasil

copaA fluência em outra língua, em especial o inglês e espanhol, será definitivo para empresários e prestadores de serviço que pretendem agarrar as boas chances de negócio e emprego que surgirão com a Copa do Mundo em 2014 e as Olimpíadas em 2016, ambas no Brasil.

No entanto, uma pesquisa da Catho Online revelou que apenas 8% dos executivos brasileiros falam e escrevem em inglês fluente e que 24% dos brasileiros falam inglês com dificuldade. Quem pretende correr contra o tempo e investir no aprendizado de outras línguas pode apostar nos cursos de idiomas a distância, que são práticos, eficientes e a baixo custo.

Os setores de turismo, hotelaria, gastronômico, transporte e comércio em geral serão os mais afetados pela presença de torcedores.

Continuar lendo

Em encontro do Programa Inglês sem Fronteiras, MEC propõe diagnóstico a partir de testes de proficiência

4º Encontro Nacional do Programa Inglês sem Fronteiras

logo-pdeA Secretaria de Educação Superior do Ministério da Educação (Sesu) realizou nos dias 7, 8 e 9 de maio, em Brasília, o 4º Encontro Nacional do Programa Inglês sem Fronteiras.

No primeiro dia, 58 coordenadores de centros aplicadores dos testes de proficiência do Inglês sem Fronteiras debateram a logística e planejamento do processo. Na segunda parte do encontro, coordenadores do programa e coordenadores pedagógicos de 43 universidades federais com núcleos de línguas e participantes do Inglês sem Fronteiras compartilharam experiências positivas sobre o programa.

Continuar lendo

Inglês sem Fronteiras oferece 2.685 vagas em cursos presenciais

Podem participar estudantes de universidades federais contempladas pelo programa. Prazo de inscrição termina às 12h do dia 8 de maio

Publicado: 02/05/2014 12:59
Última modificação: 06/05/2014 21:19

O programa Inglês sem Fronteiras, ofertado pelo Ciência sem Fronteiras, oferece vagas para estudantes de diversas universidades federais, que tenham interesse em participar de cursos de língua inglesa presenciais. O prazo de inscrição termina às 12h do dia 8 de maio. São oferecidas 2.685 vagas, distribuídas em 23 universidades. Acesse o edital e confira as universidades contempladas.

Continuar lendo

Exposição em SP aproxima língua alemã dos brasileiros

“Alemanha de A a Z” apresenta cultura e história do país europeu por meio das 26 letras do alfabeto e introduz iniciantes ao cotidiano alemão. Mostra fica em cartaz até junho no Museu da Língua Portuguesa.

Começando pelo A, de Arbeit (trabalho), e passando por U, de Umwelt (meio ambiente), a exposição “Alemanha de A a Z” aborda os mais variados temas relacionados à cultura do país: de futebol e culinária a nazismo, imigração turca e Muro de Berlim.

Com objetos, vídeos, textos e áudios, a exposição interativa introduz iniciantes à vida na Alemanha. “Serve como uma primeira aproximação”, explica Susanne Gattaz, coordenadora educativa da mostra. Apesar de ser apenas uma introdução, “Alemanha de A a Z” não deixa de apresentar aspectos negativos da história e de certos traços culturais alemães.

Na letra O, de Ordnung (ordem), por exemplo, é possível ler um comentário crítico sobre o país: “Pesquisas mostram que três quartos de todos os alemães acima de 14 anos consideram a ordem uma virtude, mas quando se trata deles mesmos, fazem vista grossa.”

Para as estudantes Beatriz e Juliane, de 15 anos, a exposição permitiu conhecer um pouco mais da Alemanha. “Só sabíamos do nazismo, porque aprendemos no colégio. Agora deu para ver que tem muito mais coisa”, disseram. Elas ficaram curiosas com a pronúncia e as músicas. “Não entendi muita coisa, mas achei legal”, conta Juliane.

Leia Mais

Alunos do 9º ano vão fazer este ano exames de Inglês

Os alunos do 9º ano vão realizar este ano, pela primeira vez, provas nacionais de Inglês, além dos já habituais exames de Português e Matemática, segundo um despacho do Ministério da Educação.

De acordo com o diploma, publicado na quarta-feira em Diário da República, os alunos que terminem o 3º ciclo vão passar a realizar anualmente “testes diagnóstico de Inglês, doravante designados por provas (…), que integram obrigatoriamente as componentes de compreensão e produção escritas e compreensão e produção orais”.

Continuar lendo

Todos unidos contra o reinado do inglês

Perante o crescente entusiasmo dos europeus em adotar o inglês como língua franca, um intelectual romeno lança um sinal de alarme e apela à mobilização pela salvaguarda das línguas nacionais.

Continuar lendo

As línguas de Montréal: bairros anglófonos & francófonos

Guilherme cursa seu PhD em Linguística na McGill University, em Montréal, Québec, no Canadá. E sua experiência ao residir no Canadá vem alimentando seu blog Life In Canada/La Vie Au Canada. No último dia 2 de julho fez uma interessante postagem sobre a distribuição das línguas em Montreal.

O Canadá é bilíngue. Tudo oficial é escrito em inglês e francês; alunos aprendem [pelo menos] ambas as línguas na escola; há universidades que ensinam apenas em inglês, apenas em francês, ou em ambas as línguas.

Continuar lendo

Brasileiro tem desempenho ruim em língua inglesa

Segundo reportagem da revista Veja, num estudo feito em 76 países, o Brasil ficou em 67º lugar numa avaliação de conhecimento da língua inglesa. Numa escala de 0 a 10, nossa média ficou em 2,95. A Índia obteve 5,6, a Rússia 3,6 e a China, 4,4, sendo para os chineses aprenderem inglês é muito mais difícil, pois na língua deles não há alfabeto, tendo então, eles têm de aprender tudo do zero.

Continuar lendo

Lei gera polêmica ao autorizar o uso de inglês nas universidades francesas

Um projeto de lei, que autoriza as universidades da França a darem aulas em inglês, discutido atualmente pelo Parlamento do país, está causando grande polêmica. A França é um país historicamente apegado à sua língua. Além disso, o país teve muitas rixas no século XX (e em períodos ainda mais antigos) com a vizinha europeia, Inglaterra, sua rival em algumas guerras. Só as gerações francesas mais novas começaram a interessar pela cultura de outros países e a aprender outros idiomas, como o inglês.

Continuar lendo

Facebook

Visite site Oficial

1ºENMP (clique na imagem)

Receba o Boletim

Visite nossos blogs

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Nossas publicações

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Visitantes

Arquivo