Simpósio: “Cartografia Sociolinguística Latinoamericana: condições de vitalidade e possibilidades de revitalização”

2cipialSimpósio: “Cartografia Sociolinguística Latinoamericana: condições de vitalidade e possibilidades de revitalização”

O Simpósio “Cartografia Sociolinguística Latinoamericana: condições de vitalidade e possibilidades de revitalização”, coordenado por Lorena Córdova Hernández (México, lorenacordova64@gmail.com) e Ananda Machado (Brasil, machado.ananda@gmail.com), faz parte da programação do II CIPIAL (Congreso Internacional Los Pueblos Indígenas de América Latina. Siglos XIX-XXI), que será realizado de 20 a 24 de setembro de de 2016, em Santa Rosa (La Pampa), Argentina (ver notícia aqui).

Para maiores informações acesse aqui a página do II CIPIAL e aqui sua página no Facebook.

Título do Simpósio 59: Cartografia Sociolinguística Latinoamericana: condições de vitalidade e possibilidades de revitalização
Resumo: Este Simpósio pretende realizar uma cartografia sociolinguística que permita iniciar uma análise ecológica sobre a vitalidade das línguas indígenas na América Latina (Haugen, 1972; Mühlhäusler, 1996; Celentano y Pittarello, 2012). As investigações sobre várias línguas do mundo demonstram que a situação da maioria delas é crítica, pois se encontram em processo de deslocamento frente a outras línguas, cuja condição de oficialidade e o estatus é respaldado pelo regime ou sistema político dos Estados e grupos sociais que determinam as dinâmicas sociolinguísticas dos países ou regiões. No caso latinoamericano, a situação crítica de deslocamento de línguas indígenas não é exceção, uma vez que algumas delas ou de suas variedades dialetais apresentam uma situação que chega a ser bastante desoladora. Neste sentido, a documentação sociolinguística é imperativa. No entanto, apesar da situação de deslocamento, é necessário documentar os níveis de vitalidade e as condições sociais e locais que motivam a falar, o grau de resistência ou lealdade linguística. Analisar as condições de vitalidade linguística permite não só fazer referência aos elementos linguísticos e culturais que estão se transformando, mas também aos elementos com os que se conta e motivam a iniciar e fortalecer processos de revitalização e manutenção linguística. Assim, neste Simpósio pretendemos fazer um espaço de troca entre as pesquisas apresentadas e, ao invés de fazer somente referência às condições de deslocamento linguístico, privilegiar o polo positivo da situação sociolinguística das línguas indígenas como: agência dos falantes e a vitalidade, ações e interações que motivam a vitalidade, problematizar o conceito e as formas de medir a vitalidade, entre outros. A proposta é gerar um encontro no qual aconteça intercâmbio de experiências que problematizem e discutam as situações mínimas ou máximas de vitalidade e as possibilidades e requerimientos de revitalização e/ou manutenção dessas línguas. Em síntese, o objetivo é obter um mapa de experiências de investigação, colaboração e ativismo que documentem as condições que motivam a vitalidade linguística e que permitam imaginar a (re)inserção em diferentes espaços sociais das línguas indígenas na América Latina.

Convocatória para apresentação de resumos das comunicações
O prazo de envio de propostas de comunicações encerrará no dia 20 de novembro de 2015, a fim de se dispor do tempo suficiente para publicar no programa do Congresso aquelas que sejam aceitadas pelos coordenadores de cada simpósio.

Serão apresentados resumos ampliados de 600 a 1.200 palavras (excluindo referências bibliográficas) em fonte tipo Times New Roman, tamanho 12 e espaçamento simples. Os resumos devem incluir (sem subtítulos): o problema abordado, objetivo/s do trabalho, hipótese –caso corresponda, breve enquadro teórico e metodológico. O modelo em Word está disponível em: https://congresopueblosindigenas.files.wordpress.com/2015/09/formulario-presentacion-resumenes.doc

Idiomas: Serão aceites comunicações e exposições orais em espanhol, português e inglês.

Cada autor poderá apresentar no máximo duas comunicações. Por motivos organizativos não é possível garantir que um mesmo autor não tenha seus horários de apresentação superpostos. Cada comunicação poderá ter até 4 coautores.

O envio de resumos deverá ser realizado exclusivamente a través do formulário disponível no link: http://congresopueblosindigenas.net/enviar-resumen-de-ponencias/

Até o dia 30 de maio de 2016 serão recebidas as comunicações daqueles autores que prefiram publicá-las nas memórias do Congresso ou no caso dos coordenadores que possam solicitá-las para um simpósio que tenha comentadores. As comunicações devem ter entre 15 e 20 páginas. Na terceira circular haverá mais detalhes do formato.

Lista de simpósios aprovados
A lista de simpósios aprovados pode se consultar no sítio web do congresso (http://congresopueblosindigenas.net/simposios/).

Inscrições
Para poder cobrir as despesas do Congresso, foram estabelecidas as seguintes quotas de inscrição:
1) Expositores (professores e profissionais):
* desde 01 de março até 31 de maio de 2016: 80 USD dólares
* desde 01 de junho al 31 de agosto de 2016: 100 USD dólares
* desde 01 de setembro em diante: 120 USD dólares
2) Expositores (bolsistas e tesistas de graduação e pos- graduação, apresentando certificação):
* desde 01 de março até 31 de maio de 2016: 20 USD dólares
* desde 01 de junho até 31 de agosto de 2016: 40 USD dólares
* desde 01 de setembro em diante: 60 USD dólares
O pagamento da inscrição deverá ser feito por cada expositor embora que a comunicação seja escrita em coautoria. Os certificados só serão entregues aos autores cujas inscrição estendam sido pagas.
3) Assistentes e público em geral: u$s 10
Os participantes que pagarem a inscrição terão aceso a todas as atividades e receberão todo o material do Congresso (pasta de presente junto com o programa geral, folhetos, crachá e certificado).
Clarificação: a entrada será livre e gratuita para todas as atividades, mas quem não tenha pago a inscrição não receberão nem os materiais do congresso nem a certificação de assistência.
4) Assistentes estudantes universitários de graduação(a presentando certificação) e membros de comunidades indígenas: sem custo de inscrição. De qualquer forma todos deberão preencher o formulário de inscrição online que será oportunamente habilitado.
O formulário para inscrição e pagamento será habilitado a partir do dia 01 de março de 2016.

Fonte: II CIPIAL

Receba o Boletim
Facebook
Visite nossos blogs
Clique na imagem
Clique na imagem
Clique na imagem
Visitantes
Arquivo