Monografias

MONOGRAFIAS (TCCs, dissertações e teses)

BERGER, Isis Ribeiro. Gestão do multi/plurilinguismo em escolas brasileiras na fronteira Brasil-Paraguai. Tese de doutorado. Programa de Pós-Graduação em Linguística. Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis: UFSC 2015. Ver Notícia 1 e Notícia 2 .

BROCH, Ingrid Kuchenbecker. Ações de promoção da pluralidade linguística em contextos escolares. Tese de doutorado. Programa de Pós-Graduação em Letras. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: UFRGS, 2014. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10183/102190>. Ver Notícia.

FRANCO, Sâmia de Brito. A língua age: política e difusão do português no governo Lula (2003-2010). Dissertação de mestrado. Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais. Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis: UFSC, 2015. Ver Notícia.

HORST, Aline. Variação e contatos linguísticos do vestfaliano rio-grandense falado no Vale do Taquari. Dissertação de mestrado. Programa de Pós-Graduação em Letras, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: UFRGS, 2014. Dispovível em <http://hdl.handle.net/10183/102193>. Ver Notícia.

KÜSTER, Sintia Bausen. Cultura e Língua Pomeranas: Um Estudo de Caso em uma Escola do Ensino Fundamental no Município de Santa Maria de Jetibá – Espírito Santo – Brasil. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação em Educação, da Universidade Federal do Espírito Santo. Vitória: UFES, 2015. Ver Notícia.

PEREIRA, Stella Maris Meira da Veiga. Programa de escolas interculturais bilíngues de fronteira: integração e identidade fronteiriça. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Programa de Pós-Graduação em Geografia, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2014. Disponível em: <http://tede.ufsc.br/teses/PGCN0536-D.pdf>. Ver Notícia.

PINHEIRO, Luciana Santos. Processos de territorialização de variedades dialetais do italiano como línguas de imigração no nordeste do Rio Grande do Sul. Tese de doutorado. Programa de Pós-Graduação em Letras, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: UFRGS, 2014. Disponível em <http://hdl.handle.net/10183/102203>. Ver Notícia.

PONSO, Letícia Cao. “As línguas não ocupam espaço dentro de nós”: práticas, atitudes e identidades linguísticas entre jovens moçambicanos plurilíngues. Tese de doutorado. Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagem. Universidade Federal Fluminense. Niterói, RJ: UFF, 2014. Disponível em: <http://e-ipol.org/wp-content/uploads/2014/08/PONSO_2014_DO_plurilinguismo_atitudes_Mocambique.pdf>. Ver Notícia.

SAGAZ, Márcia Regina Pereira. Projeto escolas (interculturas) bilíngues de fronteira: análise de uma ação político-linguística. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Linguística, Florianópolis, 2013. 170 p. Disponível em : <http://www.bu.ufsc.br/teses/PLLG0549-D.pdf>.

SEIFFERT, Ana Paula. Línguas brasileiras de imigração faladas em São Bento do Sul (SC): estratégias para revitalização e manutenção das línguas na localidade.  Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Linguística, Florianópolis, 2009. 215 f. Disponível em : <http://www.tede.ufsc.br/teses/PLLG0429-D.pdf>.

SEIFFERT, Ana Paula. Censo, diagnóstico, inventário e observatório linguísticos: aspectos metodológicos e papel político-linguístico.  Tese (Doutorado) – Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Linguística, Florianópolis, 2014. Ver Notícia.

SILVEIRA, Mariela Felisbino da. De quem é o Ribeirão? Imagem, paisagem e identidade em contextos de patrimonialização. Dissertação de mestrado. Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social. Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis: UFSC, 2014. Ver Notícia.

Receba o Boletim

Facebook

Visite nossos blogs

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Visitantes

Arquivo