Publicação do IPHAN aborda Diversidade Linguística no espaço Ibero-Americano

Anais5O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) acaba de lançar os Anais do Seminário Ibero-Americano da Diversidade Linguística, evento ocorrido no ano de 2014, em Foz do Iguaçu, Paraná. Disponibilizado em meio digital para acesso livre, a publicação apresenta contribuições de pesquisadores, gestores públicos e de representantes das comunidades linguísticas, estando subdividida em três eixos principais.

O eixo Direitos Linguísticos e Línguas Minoritárias, que aborda questões práticas e conceituais relativas à compreensão de que falar uma língua, mesmo que minorizada, é um direito humano, bem como à possibilidade de utilização de línguas maternas, na educação e demais instâncias do Estado, nos meios de comunicação e nos espaços de fronteiras internacionais. Outro aspecto debatido é a percepção da diversidade linguística no campo das políticas de preservação do patrimônio cultural.

O eixo Produção e Gestão do Conhecimento sobre a Diversidade Linguística explora o estado da arte das pesquisas, levantamentos sociolinguísticos, gestão de acervos, demografia linguística, documentação audiovisual e banco de dados que visem à preservação, valorização e promoção de línguas minoritárias, incluindo-se a experiência desenvolvida em países como México, Peru e Colômbia.

Já o eixo sobre as Línguas Portuguesa e Espanhola contempla as perspectivas contemporâneas sobre a produção de conhecimentos e de políticas linguísticas a partir dessas línguas latinas, tendo em vista as suas variedades internas e expansão como línguas internacionais. São questões centrais discutidas sobre esta temática o ensino de Português e do Espanhol como línguas estrangeiras e as interações destas com as línguas minoritárias.

Seminário 
Organizado pelo Departamento do Patrimônio Imaterial do Iphan e pela Diretoria de Relações Internacionais do Ministério da Cultura, o Seminário teve a parceria e apoio da Universidade de Integração Latino-Americana (Unila), da Itaipu Binacional e da Secretaria Geral Ibero-americana (Segib).

O evento viabilizou o debate sobre políticas públicas para a salvaguarda da diversidade linguística e teve como objetivo possibilitar a reflexão e troca de experiências sobre iniciativas desenvolvidas no espaço Ibero-Americano.

Fonte: Portal IPHAN

Facebook
Visite site Oficial
1ºENMP (clique na imagem)
Receba o Boletim
Visite nossos blogs
Clique na imagem
Clique na imagem
Clique na imagem
Clique na imagem
Nossas publicações
Clique na imagem
Clique na imagem
Clique na imagem
Clique na imagem
Clique na imagem
Clique na imagem
Visitantes
Arquivo