O mundo do TALIAN está de luto mais uma vez. Morre Honório Tonial

Com muita tristeza noticiamos com profundo pesar o falecimento de Honório Tonial aos 91 anos de idade na cidade de Erechim-RS, ele era natural de Sananduva mas já vivia com a esposa a muitos anos nessa cidade. Aos 16 anos ele passou a trabalhar como professor particular, posteriormente ingressou no mundo da literatura, tendo inclusive escritos vários livros e dicionários em TALIAN, a língua de imigração falada no Brasil.

Senhor Honório Tonial. Fonte: Brasil Talian

Senhor Honório Tonial. Fonte: Brasil Talian



Honório nasceu em 28 de março de 1926 em Linha Boa Vista, distrito do atual município de Sananduva, sendo o sétimo em uma família de 14 irmãos. Estudou em um colégio da Linha Veado, em Sananduva, iniciando a carreira de docente como professor particular aos 16 anos de idade.Transferiu-se para a cidade de Caxias do Sul e em 1949 formou-se professor rural em Guaporé. No ano seguinte, assumiu como diretor em uma escola de Nova Prata.

Continue lendo abaixo do vídeo…

 
Fundou a localidade de Vila Paraíso, em Sananduva, durante a década de 1950 e foi o responsável pela criação da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), a principal instiuição para auxílio de deficientes intelectuais da região.Em 1963, mudou-se para Erechim e se tornou cordenador rural da 15ª região da Secretaria de Educação e Cultura, formando-se em nível superior em 1967 como professor de português em Passo Fundo.

Iniciou a carreira de locutor de rádio pouco tempo após, tornando-se mais conhecido por ser um dos principais responsáveis pela difusão do idioma talian no país. Foi o autor do dicionário português-talian em 1997. Tornou-se o co-fundador da Assossiassion Virtual Mondial del Talianvéneto, conhecida como Asvirmontave, uma associação referente ao idioma talian, além de ministrar palestras sobre o idioma em território gaúcho.

Foi um dos principais responsáveis pela inclusão do talian no Inventário Nacional da Diversidade Linguística, ao ser reconhecida em novembro de 2014 como uma reconhecidas como referência cultural brasileira pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), recebendo votos de congratulações da Câmara de Vereadores de Erechim em março de 2015 pelo feito.

Em 2015, foi agraciado pela prefeitura de Erechim como “Patrono da Feira do Livro” daquele ano realizada no município, aos 89 anos.

Em 1999 recebeu o diploma de professor rural na Escola Normal Rural Imaculada Conceição de Guaporé-RS; Março de 1950, assumiu o cargo de diretor da Escola Rural Rio Branco, Maragatos- Nova Prata-RS;

Foi diretor comercial da Cooperativa Sananduvense de Produtos Suínos, Sananduva-RS; fundador da localidade de: “Vila Paraíso”. Sananduva-RS; diretor da ER de Vila Paraíso, Sananduva-RS.

Foi fundador da APAE de Erechim; fundador da Associação dos Apresentadores de Programas de Rádio Talian do Brasil “ASSAPRORTABRAS” com sede em Erechim; Cofundador e primeiro secretário da Federação das Associações Italianas do norte do RS – “FAINORS”;

Cofundador e Ordenador global virtual da Assossiassion Virtual Mondial del Talanvéneto, junto com Roberto Giovanni Zaniolo, da Italia; Eduardo Montagner, do México; Roberto GiovanniZaniolo (homônimo) da Alemanha; Sebastião Vidal, do Brasil; Consuelo Argelli, da Argentina e Dirce Bortoloto Garcia, dos Estados Unidos;

Professor de Língua Portuguesa em diversos estabelecimentos de ensino de Erechim; Ex-Orientador de Ensino Rural da 15ª Delegacia Regiona de Ensino, com sede em Erechim; Ex-Delegado Regional de Ensino da 15ª Delegacia Regional de Ensino de Erechim;

Foi chefe do Setor Regional da Campanha Nacional de Alimentação escolar na Região Norte do Rio Grande do Sul, com sede em Erechim e abrangência nos então 21 municípios componentes; ministrou o curso da CADES e Concurso de Suficiência em letras, para professor de 2º Grau; foi diretor da escola de Segundo Grau da Barragem do Rio Passo Fundo em Entre Rios do Sul-RS;

Foi também professor de Português no Colégio Agrícola Ângelo Emílio Grando; professor e escritor de Talian Véneto; professor de Letras no Colégio Franciscano São José, professor de Técnicas Agrícolas na Escola Santo Agostinho; de Administração Escolar no curso intensivo para professores da 15ª Delegacia de Ensino. Exerceu atividades em Talian na Rádio Gaurama, Rádio Erechim, Rádio Aratiba. Ministrou cursos de Talian em Erechim, Gaurama, Jacutinga, Ibirubá, no RS e Palma Sola-SC.

Honório Tonial é autor de livros redigidos em Talian:

1. Na Sbranca de Stòrie e Fròtele -1992;
2. Adesso Imparemo – 1995;
3. Pì Fròtele che Stòrie – 1996;
4. Dicionário Português-Talian – 1997;
5. Carìssimo Scoltadori – 1998;
6. Na Sbranca de Stòrie e Fròtele -2ª ed. – 2000;
7. Talian la Nostra Vera Lìngua – 2001;
8. Erechim na Stòria e na Lession – 2001;
9. I Ignoti – 2002;
10. El Novo Abecedário del Talian – 2003 (Prelo)
11. Imparando Talian – 2004 (Prelo)
12. Insegnando Talian -2005 (Prelo)
13. Dissionário Talian – Portoghese – 2005 (Prelo)
14. I Nostri Filò (Prelo)
15. Ma le Bisse (Prelo)
16. Apêndice (Prelo)

Veja o Blog do Talianeto

Postagem: Jaciano Eccher/Site Brasil Talian
Consulta relacionada: Jornal Bom dia e Wikipédia

Deixe uma resposta

Receba o Boletim
Facebook
Visite nossos blogs
Clique na imagem
Clique na imagem
Clique na imagem
Visitantes
Arquivo