Museu de Arte do Rio promove a Semana da Cultura Surda

surda

Foto: Divulgação

O Museu de Arte do Rio – MAR, sob gestão do Instituto Odeon, por meio da Escola do Olhar em parceria com a comunidade surda do Rio de Janeiro, promove pela primeira vez a Semana da Cultura Surda, entre os dias 20 e 25 de setembro. O evento é resultado de um diálogo continuado com a comunidade que teve início com uma série de atividades voltadas a esse público: batismo do museu em Libras, Conversa de Galeria, sarau, formação com professores em Libras, além do 1º Fórum de Cultura de Surda – encontro realizado em junho deste ano.

A Semana acontece durante o mês de setembro, conhecido pela comunidade surda como Setembro Azul – marcado por duas datas importantes: Dia do Surdo (26/9) e Dia Internacional dos surdos (30/9) –, e vem coroar o histórico de conquistas dessa comunidade, com uma extensa programação cultural e a publicação de documento gerado durante o Fórum de Cultura Surda, que aborda os debates realizados, ideias e interesses mapeados no encontro. Para celebrar a ocasião, o Museu ficará com suas luzes de fachada azuis, durante todo o mês.

No dia 20, terça-feira, uma roda de conversa sobre Cultura Surda e Educação abre a programação da Semana, às 14h.  Clarissa Guerretta, pós-graduada em Ensino, Tradução e Interpretação da Libras pela Universidade Federal de Rio de Janeiro (UFRJ); Heloise Gripp, mestre em Lingüística pela Universidade Federal de Santa Catarina e graduada em Letras -Libras pela Universidade Federal de Santa Catarina; Ulrich Palhares, pedagogo e assessor da diretoria da Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos (FENEIS); e Wagner Cabral, coordenador da FENEIS, são os convidados do bate-papo que vai abordar diferentes temas sobre o assunto: formação de professores, inclusão da Libras em na sala de aula e política sociocultural e educação para a comunidade surda.

Ainda como parte da programação, entre os dias 21 e 23, Rosana Grasse, professora pós-graduada no Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES), ministrará o Curso Poesia em Libras, exclusivo para pessoas surdas, de 14h às 17h. Já no dia 24, o MAR convida professores e educadores para o encontro “A cor como questão”, como parte das ações da exposição “A cor do Brasil”. A atividade, que contará com intérprete de Português para Libras, busca investigar como o tema da cor se faz presente na História da Arte Brasileira – no passado e no presente. Haverá ainda intérprete de Português para Libras no Espaço da Criança, onde ocorre a intervenção Splashcletas, do artista Guilherme Teixeira, de 15h às 17h, nos pilotis do Museu.

A comemoração continua no dia 25, domingo, com uma caminhada em homenagem ao Setembro Azul e ao Orgulho Surdo, às 13h, no Boulevard Olímpico do Porto Maravilha – Praça Mauá, organizada pelo Centro de Integração de Artes e Cultura dos Surdos (CIACS). Na sequência, às 14h, acontece o MAR em Libras, como parte da programação mensal do Museu de Arte do Rio. Nesta edição, o público surdo poderá conferir a exposição “Leopoldina, princesa da Independência, das artes e das ciências”, com visita mediada em Língua Brasileira de Sinais pela arquiteta e professora do Instituto Nacional de Educação de Surdos, Vanessa Miro Pinheiro.

Após o percurso na mostra, ainda no domingo, os visitantes seguem para Praça Mauá para um encontro, às 16h, com informes, Piadas e apresentação da história do Movimento Orgulho Surdo. Para encerrar o dia, a cobertura fluida do MAR ficará azul, às 18h, em homenagem ao Movimento Orgulho Surdo.

Programação


20 DE SETEMBRO
, 14h
Roda de conversa sobre Cultura Surda e Educação

Formação de professores
Clarissa Guerretta

Inclusão da Libras em na sala de aula
Heloise Gripp

Política, sociocultural e educação para a comunidade surda
Ulrich Palhares e Wagner Cabral

21 a 23 DE SETEMBRO, 14h às 17h

Curso Poesia em Libras – exclusivo para pessoas surdas
Rosana Grasse

24 DE SETEMBRO

A cor como questão
A exposição A cor do Brasil apresenta trabalhos de artistas brasileiros e estrangeiros, de diferentes períodos e gerações, que possuem em comum o interesse pela cor em suas investigações artísticas. Neste encontro, busca-se investigar, num diálogo entre professores e educadores, como o tema da cor se faz presente na História da Arte Brasileira – no passado e no presente. A atividade é exclusiva para professores. Este encontro contará com intérprete de Português para Libras.

Espaço da Criança – Splashcletas
Das 15h às 17h

O artista Guilherme Teixeira realiza a intervenção, Splashcletas, na qual propõe aos participantes uma experiência de criação visual colaborativa com três bicicletas adaptadas para funcionar como máquinas de pintura. No Espaço da Criança, desenvolvido pela Escola do Olhar, artistas e educadores em residência desenvolvem experimentações com foco na arte e nas linguagens contemporâneas, estimulando a curiosidade, a descoberta, a reflexão, o fazer coletivo e a cultura do brincar. Na edição, haverá intérprete de Português para Libras.

25 DE SETEMBRO

Caminhada no Boulevard Olímpico do Porto Maravilha – Praça Mauá
Às 13h

MAR em Libras

Convidada: Arquiteta e professora Vanessa Miro Pinheiro (RJ)
Às 14h

Visita mediada em Língua Brasileira de Sinais que integra a programação mensal do Museu de Arte do Rio. A cada visita mediada, o museu convida uma pessoa surda que partindo do seu olhar e referências visita com o público uma das exposições em cartaz. Nesta edição, a exposição será “Leopoldina, princesa da Independência, das artes e das ciências”. A visita é em Libras traduzida para Português.

Encontro na Praça Mauá – Piadas, informes e história do Movimento Orgulho Surdo

Local: Praça Mauá.

>> 18h: Encerramento

 

Fonte: Portal Sopa Cultural 

Facebook
Visite site Oficial
1ºENMP (clique na imagem)
Receba o Boletim
Visite nossos blogs
Clique na imagem
Clique na imagem
Clique na imagem
Clique na imagem
Nossas publicações
Clique na imagem
Clique na imagem
Clique na imagem
Clique na imagem
Clique na imagem
Clique na imagem
Visitantes
Arquivo