Inicia projeto ‘Talian: perspectivas e ações’ nas escolas de Flores da Cunha, RS.

talianflores

Carolina Antoniazzi/Assessoria de Imprensa

Na última semana a secretaria de Educação, Cultura e Desporto, em parceria com a secretaria de Turismo, Indústria, Comércio e Serviços deu o pontapé inicial no projeto “Talian: perspectivas e ações”, que desenvolverá oficinas para os estudantes de 4º ano de todas as escolas da rede pública ou particular da cidade  de Flores da Cunha, RS.

As oficinas estão sendo ministradas por Alex Eberle, difusor do Talian e colaborador da secretaria de Turismo. “A ação é voltada aos alunos de 4º ano porque o currículo deste ano aborda a cultura, história e identidade cultural do município”, explica o ministrante.
O trabalho com os estudantes envolve o reconhecimento linguístico e o incentivo da utilização da língua nas relações entre diferentes gerações quando há a presença do idioma no meio familiar.  As oficinas serão desenvolvidas quinzenalmente, totalizando seis encontros até junho em cada escola.
Na primeira semana foram realizadas oficinas nas escolas municipais 1º de Maio, São José, Tancredo Neves, nas escolas estaduais Antônio Soldatelli, Antônio Souza Neto, Pedro Ceconello, Professor Marcos Martini, e na particular Interativa.  A Lei nº 014/2015 tornou o Talian língua cooficial no município de Flores da Cunha, valorizando a herança linguística e cultural, o patrimônio imaterial e a preservação dos saberes tradicionais.
Receba o Boletim
Facebook
Visite nossos blogs
Clique na imagem
Clique na imagem
Clique na imagem
Visitantes
Arquivo