Inicia nesta quarta o 1º Encontro Nacional de Municípios Plurilíngues (1ºENMP)

cartaz_30julInicia nesta quarta o 1º Encontro Nacional de Municípios Plurilíngues (1ºENMP)

Inicia nesta quarta, 23 de setembro, e vai até sexta, 25, o 1º Encontro Nacional de Municípios Plurilíngues (1ºENMP), que será realizado no Centro de Comunicação e Expressão (CCE – térreo do Bloco B) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em Florianópolis-SC.

Acesse a programação completa do 1ºENMP.

O 1ºENMP contará com mesas redondas, mesas temáticas, sessões coordenadas com a apresentação de comunicações orais, lançamento de livros, além da oferta de um minicurso para formação de gestores, docentes e pesquisadores de políticas linguísticas voltadas a contextos bi, multi ou plurilíngues e uma oficina tematizando o registro e a documentação de línguas, culminando com uma plenária para elaboração e assinatura da Carta dos Municípios Plurilíngues. Serão emitidos certificados para as participações no evento, assim como no minicurso e na oficina.

Participam do encontro gestores indicados por municípios bi, multi e plurilíngues e entidades de apoio, bem como pesquisadores e professores do multilinguismo brasileiro e dos países do Mercosul e demais blocos, além de estudantes de áreas afins, como pode ser conferido na programação (clique aqui para acessá-la).

As inscrições para o 1ºENMP continuam abertas para ouvintes. Saiba como se inscrever aqui.

O 1º Encontro Nacional de Municípios Plurilíngues (1ºENMP) é uma realização do Instituto de Investigação e Desenvolvimento em Política Linguística (IPOL) em parceria com o Observatório de Políticas Linguísticas (GP CNPq/UFSC), o Macroprojeto ALMA-H (UFRGS), o Projeto Entrelínguas (UFSM) e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e com apoio do Programa de Valorização das Línguas e Culturas Macuxi e Wapichana, do Fórum Permanente das Línguas Brasileiras de Imigração (Forlibi) e da Prefeitura Municipal de Antônio Carlos-SC.

Tem como objetivos apoiar e propiciar formação aos governos e instituições para atuarem de modo inovador e promissor na gestão das línguas e dos recursos que elas oferecem para qualificar a educação e as culturas; bem como abordar a gestão das línguas em nível municipal nesse quadro de cooficialização, considerando os aspectos para a regulamentação e implementação das leis e suas interfaces com educação, cultura, tecnologias e outras políticas que podem fomentar o desenvolvimento local e regional.

Para maiores informações acesse aqui a página do 1º ENMP e curta aqui sua página no Facebook.

Facebook
Visite site Oficial
1ºENMP (clique na imagem)
Receba o Boletim
Visite nossos blogs
Clique na imagem
Clique na imagem
Clique na imagem
Clique na imagem
Nossas publicações
Clique na imagem
Clique na imagem
Clique na imagem
Clique na imagem
Clique na imagem
Clique na imagem
Visitantes
Arquivo