Em encontro do Programa Inglês sem Fronteiras, MEC propõe diagnóstico a partir de testes de proficiência

4º Encontro Nacional do Programa Inglês sem Fronteiras

logo-pdeA Secretaria de Educação Superior do Ministério da Educação (Sesu) realizou nos dias 7, 8 e 9 de maio, em Brasília, o 4º Encontro Nacional do Programa Inglês sem Fronteiras.

No primeiro dia, 58 coordenadores de centros aplicadores dos testes de proficiência do Inglês sem Fronteiras debateram a logística e planejamento do processo. Na segunda parte do encontro, coordenadores do programa e coordenadores pedagógicos de 43 universidades federais com núcleos de línguas e participantes do Inglês sem Fronteiras compartilharam experiências positivas sobre o programa.

De acordo com a coordenadora do Inglês sem Fronteiras, Denise Martins de Abreu e Lima, o encontro evoluiu na discussão sobre os ganhos e desafios que o programa vem tendo. “É fantástico ver agora no quarto encontro o que a gente já conseguiu. Fizemos um debate rico sobre a institucionalização do programa dentro das universidades, a formação de professores de inglês, a pesquisas que estão sendo feitas dentro do programa e a produção de material didático”, afirmou.

Denise destacou o amadurecimento do programa, que já apresenta resultados positivos em sua implantação. “Os resultados não estão apenas na implementação de uma política. Há também efeitos práticos e concretos na formação dos professores e no desenvolvimento de pesquisas específicas, que possam corroborar e auxiliar nas ações que estamos promovendo no núcleo gestor”, concluiu.

Testes de proficiência serão realizados até 30 de junho

Podem se inscrever alunos de graduação, mestrado ou doutorado, com matrícula ativa em universidade federal credenciada como NucLi.

As inscrições para a realização dos testes de proficiência em inglês, o Toefl (Test of English as a Foreign Language), estão abertas até 24 de junho para os alunos de graduação e pós-graduação matriculados nas universidades federais. Esses testes serão realizados até 30 de junho. Os interessados devem se inscrever na página do programa Inglês sem Fronteiras na internet.

O objetivo é realizar uma avaliação diagnóstica. O resultado do teste é importante para o estudante, pois demonstrará o nível de compreensão em língua inglesa que tem. Dessa forma, ele saberá o que deve investir para atingir níveis mais altos. O aluno que tiver a nota do Toefl também terá prioridade para participar de cursos presenciais de língua inglesa nas universidades federais.

Cursos

O prazo de inscrição para os estudantes interessados nos cursos presenciais de língua inglesa nos núcleos de línguas (NucLi) das universidades federais vai até as 23h59 do dia 12 de maio, no horário de Brasília. O programa Inglês sem Fronteiras oferece aulas complementares aos níveis 2, 3, 4 ou 5 do curso My English Online.

Podem se inscrever alunos de graduação, de mestrado ou de doutorado, com matrícula ativa em universidade federal credenciada como NucLi, que sejam participantes e ativos no curso My English Online, cujas inscrições tenham sido validadas até 48 horas antes da sua inscrição junto ao NucLi e que tenham concluído no máximo 90% do total de créditos de sua graduação ou pós-graduação. Serão ofertadas 2.625 vagas em 23 universidades federais.

Fonte: Portal Brasil

Deixe uma resposta

IPOL Pesquisa
Receba o Boletim
Facebook
Revista Platô

Visite nossos blogs
Clique na imagem
Clique na imagem
Visitantes
Arquivo