Cooficialização da Língua Pomerana: sobre a competência do Município para legislar sobre a matéria

Por Rosângela Morello
Importante política para avançar no campo dos direitos linguísticos no Brasil, a cooficialização de línguas tem sido adotada por vários Municípios brasileiros que veem nessa ação um potente mecanismo para valorizar seus cidadãos e ampliar os valores econômicos agregados as suas línguas e culturas.
Os fundamentos jurídicos para essa nova legislação são o foco do parecer intitulado (link para baixar o artigo na íntegra)
Fonte do artigo: Livro Leis e Línguas, IPOL, 2014.
para obter o livro, entre em contato no ipol.secretaria@gmail

Deixe uma resposta

IPOL Pesquisa
Receba o Boletim
Facebook
Visite nossos blogs
Clique na imagem
Clique na imagem
Clique na imagem
Visitantes
Arquivo