Eventos

UNESCO promove cúpula em Buenos Aires sobre futuro da educação na América Latina e Caribe

Agência Brasil - ABr - Empresa Brasil de Comunicação - EBC

UNESCO promove cúpula em Buenos Aires para discutir futuro da educação na região. Foto: Agência Brasil

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) e o Ministério da Educação e Esportes da Argentina realizam esta semana (24 e 25) em Buenos Aires evento que reunirá ministros latino-americanos e caribenhos para discutir o futuro da educação na região.

A UNESCO elogiou os avanços em educação promovidos pelos países latino-americanos e caribenhos na última década, mas alertou que mais esforços devem ser feitos no sentido de se atingir uma educação básica universal. A agência da ONU também enfatizou a necessidade de os países modernizarem seus sistemas educacionais tendo em vista o surgimento de novas tecnologias.

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) e o Ministério da Educação e Esportes da Argentina realizam esta semana (24 e 25) em Buenos Aires evento que reunirá ministros latino-americanos e caribenhos, organizações internacionais e da sociedade civil para discutir o futuro da educação na região e formas de atingir os objetivos da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.O evento “E2030: Educação e habilidades do século 21” ocorrerá no palácio San Martín, sede do Ministério de Relações Exteriores da Argentina, e será a primeira cúpula regional sobre o objetivo número 4 da Agenda 2030, que busca garantir educação inclusiva e de qualidade e a promoção de oportunidades de aprendizagem para todos durante a vida.

Durante os diálogos, os participantes receberão detalhes dos objetivos globais e sobre o relatório “Educação 2030 — Diretrizes para a Ação”, aprovado pela comunidade internacional em novembro de 2015 durante o Fórum Mundial da Educação. O documento oferece a governos e parceiros diretrizes para transformar compromissos em ações, de acordo com a UNESCO. A cúpula dará origem a uma declaração final com a visão regional para a educação até 2030, que guiará as estratégias e programas no âmbito nacional. Continue lendo

Abertas inscrições para 21ª edição do Florianópolis Audiovisual Mercosul

FAM2017-Banner-600x600px-300x300Florianópolis Audiovisual Mercosul (FAM) 2017 recebe até 10 de março as inscrições para as cinco mostras competitivas do Festival. Podem participar documentários de longa e média-metragem, filmes de temática infantojuvenil em todas as metragens, curtas de todos os gêneros, com até 30 minutos de duração, e videoclipes de até cinco minutos. Os filmes inscritos irão concorrer nas seguintes categorias: Mostra de Curtas Mercosul e Catarinense, DOC – FAM, Mostra Infantojuvenil e Mostra Videoclipe. As inscrições são gratuitas no site www.famdetodos.com.br.

O 21º Florianópolis Audiovisual Mercosul será realizado de  20 a 25 de junho, no Centro de Cultura e Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina, em Florianópolis.

O FAM é um espaço de formação de público, difusão da produção latino-americana e regional, além da reunião de profissionais do setor. Já são mais de duas décadas de dedicação ao desenvolvimento da cinematografia dos países membros do Mercosul. Continue lendo

Jornadas Bolivarianas/ XIII Edição – Maio de 2017 – Chamada de Trabalhos

logo.jornadas

Já está aberta a chamada pública para apresentação de trabalhos nas Jornadas Bolivarianas do ano de 2017, que acontecem de 15 a 17 de maio, na Universidade Federal de Santa Catarina.  As Jornadas são o evento anual do Instituto de Estudos Latino-Americanos da UFSC, e na sua décima terceira edição terá como tema: A EDUCAÇÃO NA AMÉRICA LATINA: 100 ANOS DA REFORMA DE CÓRDOBA. Os interessados devem preencher a ficha de inscrição disponível na página do IELA (www.iela.ufsc.br), no enlace “Jornadas Bolivarianas” e encaminhar via o correio eletrônico do Instituto  (iela@contao.ufsc.br) .

Prazo para entrega dos trabalhos: 31 de março de 2017

 APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS:

I – A apresentação de trabalhos acadêmicos nas Jornadas Bolivarianas – 13ª Edição tem como finalidade valorizar a produção e a disseminação do conhecimento no campo da América Latina, bem como oportunizar o intercâmbio de análises e pesquisas sobre o tema;

II – Os trabalhos inscritos deverão abordar assunto relativo aos estudos sobre a América Latina, que problematize aspectos referentes à temática geral das Jornadas.

III – Os trabalhos deverão ser encaminhados ao correio eletrônico do Iela (iela@contato.ufsc.br), junto com ficha de inscrição, disponibilizada ao final destas observações.

IV – Os trabalhos poderão ter mais de um autor, conforme item 8 abaixo.

V – Os trabalhos serão de responsabilidade exclusiva de seus autores, independentemente da instituição a que estejam vinculados. Continue lendo

(Per)cursos (inter)disciplinares em letras – Linguística e Literatura

conceitual

De 21 a 25 de agosto de 2017 acontecem quatro eventos coordenados, no Rio Grande do Sul, que se unem em torno de uma temática comum: discutir os “(Per)cursos (inter)disciplinares em Letras” face aos paradoxos da atualidade. Organizados pela Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC), por meio do Programa de Pós-Graduação em Letras – Mestrado e Doutorado, dos Cursos de Letras e de Comunicação Social, e o Grupo de Trabalho Linguística e Cognição, da Associação Nacional de Pós-Graduação em Letras e Linguística (ANPOLL) são eles:

  • VIII Conferência linguística e cognição
  • VIII Colóquio nacional leitura e cognição
  • II Simpósio internacional de leitura, literatura e mídia
  • XVIII Semana acadêmica de letras

O objetivo geral dos eventos é contribuir para a reflexão conjunta e a articulação entre pesquisadores da área de Letras – Linguística e Literatura – e de suas interfaces, buscando mapear percursos traçados nas últimas décadas, assim como projetar novos caminhos para que a área continue contribuindo para o desenvolvimento educacional, científico e artístico.  Os investigadores interessados em submeter trabalhos têm até 31 de maio. Continue lendo

Instituto Cultural Alter’brasilis organiza conferências sobre a cultura brasileira

alter-brasilisO Instituto Cultural Alter’brasilis, que tem como foco a promoção da cultura brasileira e da lusofonia, organiza uma série de Conferências sobre a cultura, literatura e cinema brasileiros, de 13 de janeiro a 4 de fevereiro de 2017, em Paris. As conferências são ministradas em francês e têm entrada aberta para sócios prévia inscrição (para ser sócio do instituto é necessário pagar uma anuidade de 10 euros).

Cronograma

13/01: Cinco séculos de poesia brasileira  II – Reflexão sobre as mulheres e erotismo na poesia moderna e contemporânea brasileira. Quais são as mudanças de perspectiva que ocorrem quando a mulher não está mais no papel tradicional de “musa”, mas se torna uma poeta? Apresentado pela pesquisadora Patrícia Lavelle. Continue lendo

Novos acadêmicos correspondentes na Academia Galega da Língua Portuguesa

academiagalegalinguaportuguesa-aglp

Academia Galega da Língua Portuguesa convida para a sessão de tomada de posse dos académicos correspondentes Irene Alexandra Neto (Angola) e Gilvan Müller de Oliveira (Brasil) que terá lugar na Casa da Língua Comum, Rua de Emílio e de Manuel, 3, r/c, Santiago de Compostela, no dia 14 de janeiro, com início às 11.00.

Programa

  • Abertura do ato, pelo Presidente, Sr. Rudesindo Soutelo
  • Discurso de aceitação da Sra. Alexandra Irene Neto
  • Discurso de recebimento, pelo Secretário, Sr. ]oám Evans Pim
  • Discurso de aceitação do Sr. Gilvan Müller de Oliveira
  • Discurso de recebimento, pelo Vice-Presidente, Sr. Ângelo Cristóvão
  • Imposição das medalhas aos novos académicos correspondentes

 Entrada livre.

Agradece-se confirmação no correio secretaria@academiagalega.org

Irene Alexandra da Silva Neto (1961) é Presidente do Conselho de Administração da Fundação Dr. António Agostinho Neto e Deputada da Assembleia Nacional de Angola, na que preside a 7ª Comissão de Saúde, Família, Juventude e Desportos, Antigos Combatentes e Acção Social. De 2005 a 2007 foi Vice-Ministra das Relações Exteriores da República de Angola para a Cooperação, sendo a primeira mulher angolana a exercer esse cargo. Com anterioridade, fez parte do Grupo Dinamizador do Ensino Superior, da Brigada Jovem de Literatura de Luanda e da Direção da Alliance Française de Luanda. Atualmente é membro do Comité Central do MPLA e do Júri do Prémio Internacional de Investigação Histórica “Agostinho Neto”.

Gilvan Müller de Oliveira é Professor Adjunto no Departamento de Língua e Literatura Vernáculas da Universidade Federal de Santa Catarina e Secretário Executivo Adjunto da MAAYA – Rede Mundial de Multilinguismo, com sede em Paris. Entre 2010 e 2014 respondeu pela Direção Executiva do Instituto Internacional da Língua Portuguesa (IILP), da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), situado em Cabo Verde. À frente dessa instituição promoveu o desenvolvimento do Vocabulário Ortográfico Comum da Língua Portuguesa (VOC) e do Portal do Professor de Português Língua Estrangeira/Língua Não Materna, entre outras iniciativas. Fruto desse trabalho intenso, em 2014 recebeu o Prêmio Personalidade Lusófona do Ano do Movimento Internacional Lusófono (MIL) e em 2015 o Prêmio Meendinho, da Fundação Meendinho, por serviços prestados à Língua Portuguesa e à Galiza.

Fonte: Plataforma 9

Termina amanhã, 10 de janeiro, o prazo para comunicações no Congresso da ALFAL

alfal

Imagem: Plataforma 9

Segue até 10 de janeiro, terça-feira, o prazo para participação nas sessões no projeto 8 “Políticas da linguagem na América Latina” no XVIII Congresso Internacional Associação de Linguística e Filologia da América Latina (ALFAL). A proposta tem como tema central A presença do inglês, do espanhol e do português como línguas outras na educação pública na América Latina.

O Congresso  acontece entre 24 e 28 de julho de 2017 em Bogotá, Colômbia.

Na ALFAL existem atualmente 25 Projetos permanentes que funcionam de acordo com suas próprias regras e procedimentos, disponíveis no site: http://www.mundoalfal.org/.

A equipe do Projeto 8 é composta de uma rede de pesquisadores/as que foi sendo tecida ao longo dos anos, com estudiosos da temática de quase todos os países latino-americanos, da Alemanha, Áustria, EUA, França, Espanha e demais países com coordenação geral de Rainer Enrique Hamel, daUniversidade Autônoma Metropolitana, Cidade do México, México.

Para informações sobre a Convocatória ao Projeto 8, email para: hamel@xanum.uam.mx

Saiba mais sobre o Evento de 2017 na Colômbia em: http://www.alfalcolombia2017.com/

Fonte: IPOL Comunicação

Chamada para trabalhos: IV Seminário Brasileiro de Poéticas Orais

literatura-oral-popularO IV Seminário Brasileiro de Poéticas Orais: narrativas, performances, cantos e seus arquivos de saberes acontece de 26 a 28 de abril, na Universidade do Estado da Bahia (UNEB), em Salvador. O encontro tem como eixos de discussão, Arquivos de saberes: metodologia e registros, Perspectivas teóricas das poéticas orais e Políticas públicas para as culturas populares. Os trabalhos devem ser submetidos de 5 de janeiro a 20 de fevereiro.

Apresentação

O evento dá continuidade a uma iniciativa surgida a partir do GT de Literatura Oral e Popular da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Linguística e Letras (ANPOLL) em 2010. O GT, fundado em 1988 por Idelette Muzart Fonseca dos Santos, Bráulio do Nascimento, Jerusa Pires Ferreira e Boris Schnaiderman, é um dos mais antigos em funcionamento na ANPOLL. Desde aquela época, o Grupo vinha se mostrando inovador e a partir dos debates e dos novos participantes que ingressaram ao longo do tempo, surgiu a necessidade de ampliação da abrangência de suas pesquisas, tendo em vista o caráter marcadamente interdisciplinar dos estudos que foram sendo incorporados. Assim surgiu a ideia do Seminário Brasileiro de Poéticas Orais que está caminhando para sua quarta edição. Concebido como um espaço ampliado de discussão sobre os temas de interesse dos pesquisadores do GT de Literatura Oral e Popular da ANPOLL, o Seminário está além dele, atraindo e agregando pesquisadores das poéticas orais, com formação em diversas áreas do conhecimento. Continue lendo

Convocatória para Congresso da ALFAL 2017: comunicações até dia 10 de janeiro

alfal

 

O projeto 8 “Políticas da linguagem na América Latina” está com convocatória aberta para participação nas sessões até 10 de janeiro de 2017 no o XVIII Congresso Internacional Associação de Linguística e Filologia da América Latina (ALFAL) que acontece entre 24 e 28 de julho de 2017 em Bogotá, Colômbia. A proposta tem como tema central A presença do inglês, do espanhol e do português como línguas outras na educação pública na América Latina.

Na ALFAL existem atualmente 25 Projetos permanentes que funcionam de acordo com suas próprias regras e procedimentos, disponíveis no site: http://www.mundoalfal.org/.

A equipe do Projeto 8 é composta de uma rede de pesquisadores/as que foi sendo tecida ao longo dos anos, com estudiosos da temática de quase todos os países latino-americanos, da Alemanha, Áustria, EUA, França, Espanha e demais países com coordenação geral de Rainer Enrique Hamel, daUniversidade Autônoma Metropolitana, Cidade do México, México.

Para informações sobre a Convocatória ao Projeto 8, email para: hamel@xanum.uam.mx

Saiba mais sobre o Evento de 2017 na Colômbia em: http://www.alfalcolombia2017.com/

Fonte: IPOL Comunicação

 

I Encontro Internacional de Cultura, Linguagens e Tecnologias do Recôncavo

enicecultO I Encontro Internacional de Cultura, Linguagens e Tecnologias do Recôncavo (ENICECULT) com o tema Diálogos Interdisciplinares acontece de 22 a 24 de março em Santo Amaro, na Bahia. Organizado pelo Centro de Cultura, Linguagens e Tecnologias Aplicadas (CECULT), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), o encontro recebe inscrições de trabalhos que se enquadrem dentro das temáticas dos nove Grupos de Trabalhos (GTs) disponíveis. Os resumos devem ser enviados até 31 de janeiro.

Eixo temático

Falar de Cultura envolve, necessariamente, falar daquilo que confere a sua materialidade. As dinâmicas culturais da linguagem, seja pelas expressão oral, verbal, visual, verbo-visual, verbo-voco-visual, corporal -dentre tantas outras -, podem ser o caminho privilegiado pela qual as culturas se apresentam, junto às demais técnicas e tecnologias que lhes são próprias, a começar por aquelas inscritas no próprio corpo. Assim, não há como estudar a Cultura sem pensá-la em correlação com a diversidade de concepções, linguagens e tecnologias que modelizam as formas expressivas diversas, tais como: música, teatro, dança, performance, literatura, artesanato, narrativas orais, arquitetura, artes visuais etc. Continue lendo

Facebook

Visite site Oficial

1ºENMP (clique na imagem)

Receba o Boletim

Visite nossos blogs

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Nossas publicações

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem

Visitantes

Arquivo