Carta do Observatório da Educação na Fronteira

Mesa de abertura | Foto: Peter Lorenzo

Entre 15 e 18 de maio de 2013 foi realizado o III Seminário do Observatório de Educação na Fronteira: Educação Linguística no contexto Plurilíngue da Fronteira: ações e perspectivas, no Auditório Elke Hering da Universidade Federal de Santa Catarina. Participaram do evento as escolas parceiras do projeto OBEDF, coordenadores e bolsistas.

O seminário estabeleceu o encerramento do projeto, buscando promover mais um encontro da equipe para compartilhar as experiências e iniciativas, bem como refletir sobre os desafios encontrados neste período a fim de propor novas ações e perspectivas para continuar com o trabalho que não deve se findar com o término do projeto.

Representantes da Escola Floriza Bouez, Profª. Esmeralda Souza Tobias, Profª. Maria Íris dos Santos Araujo e Profª Elma Janete Bormann Braga | Foto: Peter Lorenzo

A Mesa de Abertura, conforme a foto acima, contou com a presença do Sr. Felipe Teixeira, diretor do Observarório da Educação de Florianópolis, representando a Secretaria Municipal de Educação de Florianópolis; da Sra. Vânia Ribeiro, Coordenadora de Programas e Projetos na Diretoria de Educação Básica e Profissional representando a Sec. Estadual de Educação de Santa Catarina; do Professor José Ernesto, representando o Departamento de Letras e Literaturas Vernáculas da UFSC; das Coordenadoras do OBEDF, Rosângela Morello e Marci Filetti Martins e do Coordenador do OBEDF no pólo UFSC, Gilvan Müller de Oliveira.

A organização contou com a parceria do Instituto de Investigação e Desenvolvimento em Políticas Linguísticas (IPOL), Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR), Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e com a presença dos representantes das escolas Escola de Ensino Fundamental Bela Flor, Epitaciolândia (AC) – fronteira Brasil/Bolívia, Escola Estadual de Ensino Fundamental Durvalina Estilbem de Oliveira, Guajará-Mirim (RO)– fronteira Brasil/Bolívia, Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental Professora Floriza Bouez, Guajará-Mirim (RO)– fronteira Brasil/Bolívia, Escola Municipal Maria Ligia Borges Garcia, Ponta Porã (MS) – fronteira Brasil/Paraguai, Escola Polo Municipal Ramiro Noronha, Ponta Porã (MS)– fronteira Brasil/Paraguai.

Mesa de abertura | Foto: Peter Lorenzo

Considerado um sucesso pela coordenação, o evento produziu a Carta do OBEDF, um documento a ser remetido para as autoridades da Educação e tem por objetivo contribuir para um ensino contextualizado, plurilíngue e culturalmente diversificado e de acordo com a situação da fronteira. Clique no ícone abaixo para ler a carta na íntegra.

.

.

.

Equipe OBEDF | Foto: Peter Lorenzo

Receba o Boletim
Facebook
Visite nossos blogs
Clique na imagem
Clique na imagem
Clique na imagem
Visitantes
Arquivo