3º Colóquio Internacional “Educação Superior e Povos Indígenas e Afrodescendentes na América Latina”

coloquio

3º Colóquio Internacional
Educação Superior e Povos Indígenas e Afrodescendentes na América Latina
Acertos, problemas e desafios das políticas e práticas de democratização, interculturalização e inclusão.
Buenos Aires, Argentina
3, 4 e 5 de Agosto 2016

A terceira edição do Colóquio Internacional “Educação Superior e Povos Indígenas e Afrodescendentes na América Latina” estará dedicada a visibilizar estudos e proporcionar o intercâmbio de reflexões sobre experiências, acertos, dificuldades e desafios de políticas e práticas de democratização, interculturalização, e inclusão relacionadas à temática de Educação Superior e Povos Indígenas e Afrodescendentes. Serão analisadas políticas e práticas de organismos governamentais e intergovernamentais, organizações de povos indígenas e afrodescendentes, universidades e outras instituições de educação superior (públicas ou privadas), além de outros atores sociais que atuem nesse campo.

Para maiores informações acesse:
Convocatória de apresentação de trabalhos
Convocatoria a presentación de ponencias

 Além de difundir estudos e facilitar o intercâmbio de conhecimentos e reflexões sobre o tema, o Colóquio buscará contribuir com a formulação e aplicação apropriada de políticas e programas que aprofundem a democratização da Educação Superior, sua pertinência com a diversidade cultural própria de cada sociedade e o desenvolvimento de modalidades de colaboração intercultural com equidade entre Universidades e outras Instituições de Educação Superior e Povos Indígenas e Afrodescendentes, no marco das recomendações C3 y D4 da Declaração Final da Conferência Regional de Educação Superior – CRES (Cartagena de Índias, 2008).

De maneira análoga às edições anteriores deste Colóquio, durante o evento serão realizadas apresentações de algumas universidades e demais instituições que integram a Rede Educação Superior e Povos Indígenas e Afrodescendentes na América Latina (Rede ESIAL). Adicionalmente, nesta edição a organização facilitará a apresentação de seis a doze trabalhos orientados a analisar acertos, problemas e desafios de políticas e programas de inclusão de estudantes indígenas ou afrodescendentes (tais como programas de bolsas, cotas especiais, apoio acadêmico e/ou psicossocial, dentre outros). Dessa forma, a seleção das propostas ocorrerá por meio de convocatória pública orientada a receber dois tipos de exposições: aquelas que analisem as políticas e programas “de
dentro” e outras que façam a avaliação “de fora”.

Envio de trabalhos: As propostas devem ser enviadas antes do dia 15 de fevereiro de 2016 para o seguinte endereço eletrônico: redesial@untref.edu.ar.

IPOL Pesquisa
Receba o Boletim
Facebook
Visite nossos blogs
Clique na imagem
Clique na imagem
Clique na imagem
Visitantes
Arquivo